Ross Saario assume como CEO da Intelipost

São Paulo (SP) – O Grupo Intelipost, maior grupo de tecnologia para logística do país, anuncia nesta terça-feira, 16, a chegada do norte-americano Ross Saario para a cadeira de CEO. Com Amazon nos Estados Unidos no currículo, onde liderava logística global de last mile, o executivo marca o momento de expansão agressiva do Grupo Intelipost no mercado brasileiro.

Em 2022, a Intelipost tem previsão de dobrar de tamanho e de movimentar R$ 50 bilhões em volume de vendas pela plataforma anualmente, conquista que se soma ao desafio de crescer dez vezes, atingindo R$ 1 bilhão em receitas nos próximos anos. Stefan Rehm, co-fundador e atual CEO, assume a posição de Chief Strategy Officer (CSO), passando a atuar com estratégia, novos negócios, M&A e clientes estratégicos.

“A Intelipost vem assistindo a um crescimento acelerado e entendemos que este é o momento de agregar novas experiências na alta liderança para manter essa expansão de forma sustentável e altamente profissional. A experiência de Ross em uma das maiores e principais empresas de tecnologia do mundo irá agregar muito e colocar a empresa em um próximo patamar no mercado latino-americano”, explica Rehm, que fundou a Intelipost ao lado de Gabriel Drummond, que permanece na posição de COO.

Para atingir os objetivos do Grupo Intelipost, Saario usa sua experiência acumulada na gestão de mais de US$ 1 bilhão em receitas e dezenas de milhões de clientes em todo o mundo na matriz da gigante americana. “A Intelipost é líder de mercado com uma plataforma robusta, o que nos traz a vantagem de atuar com os principais e-commerces e marketplaces do país, mercado que sabemos que ainda é complexo e fragmentado. Queremos proporcionar aos consumidores finais uma experiência de entrega perfeita”, afirma Saario, que acumula também experiência e entendimento dos mercados brasileiro e latino-americano. “Além disso, continuaremos expandindo, em toda a região, a nossa base de clientes, impulsionando o país com o auxílio da logística, setor que continuará com um grande destaque nos próximos anos”, completa.

Criada há oito anos, a Intelipost vem ganhando mercado com soluções em tecnologia para logística. A empresa atua com soluções que integram, de forma inteligente, lojistas (como e-commerce, varejistas, indústrias, marketplaces e operadores logísticos) e transportadoras, proporcionando uma visão completa das entregas, com redução de custos logísticos.

Em 2020, recebeu um aporte de R$ 130 milhões do fundo americano Riverwood Capital e realizou as aquisições das empresas AgileProcess, especializada em soluções de roteirização e visibilidade em tempo real para logística, e da Pegaki, uma solução que oferece pontos de retirada para as compras via e-commerce, promovendo mais agilidade, flexibilidade e satisfação ao consumidor. Na contramão do mercado, também vem expandindo sua força de trabalho.

Mensalmente, realiza mais de 1 bilhão de cálculos de fretes, conta com mais de 15 mil lojas integradas e mais de 500 integrações com transportadoras. Entre seus clientes estão marcas como Arezzo&Co, AliExpress, Leroy Merlin, Lojas Renner, Boticário, Riachuelo, entre outras.

Oitavo centro médico da rede WeVets é inaugurado em São Paulo

São Paulo (SP) – Atingindo a marca de oito centros médicos completos, holding que chegou ao mercado em 2021 – a WeVets, celebra o mais recente feito, um centro veterinário completo na região do Jabaquara, na Capital Paulista.

Esse crescimento exponencial faz parte de um plano consistente de expansão, que contempla importantes aquisições e novas construções. A unidade no Jabaquara, zona sul de São Paulo está entre os centros médicos projetados e construídos pela WeVets e dispõem de estrutura para diagnósticos, UTI, internação, salas de atendimento para baixa, média e alta complexidade e centro cirúrgico.

Além de toda tecnologia hospitalar, a rede destaca-se pela proposta acolhedora para pets, médicos veterinários e tutores. Apresenta três pilares que conduzem todos os hospitais.

O primeiro é voltado aos pacientes e chama-se “Experiência Pet” – espaços dedicados e adaptados para espécies diferentes, que possuem aromatizadores para mantê-los calmos e seguros, enriquecimento ambiental com caminhas de tecido antibacteriano, banheiros tecnológicos Weasy, mantas com Feliway, além de bandanas de tecido tecnológico com Adaptil disponíveis na recepção e slings para filhotes se sentirem mais acolhidos, entre outras inovações para o mercado pet. Chang Lee, CEO da WeVets explica “Somos uma empresa de “e” e não de “ou”. O acolhimento é essencial para ressignificar a forma como o sistema de saúde veterinária é visto e como todas as pontas dessa cadeia anseiam por um olhar profundo e atencioso.”

Já os colaboradores recebem treinamento onde as condutas médicas são revisadas e alinhadas e os mantém em constante de aprimoramento sobre a clínica, internação, bloco cirúrgico e exames. Além de oferecer programas internos de assistência psicológica, com grupos de apoio à saúde mental batizado de “Cuidando de Quem Cuida”.

Outro grande diferencial é o programa “VetFriendly”, dedicado às clínicas e veterinários autônomos para que possam contar com a estrutura da WeVets na saúde dos seus pacientes. Os veterinários parceiros contam com suporte essencial 24h para casos de alta complexidade e recebem cashback sobre cada um dos pacientes indicados, que pode ser revertido em insumos, vacinas, entrada para congressos e outros benefícios.

De acordo com Lucas Rojo – diretor de receita do grupo “ O Brasil possui mais de 80 mil médicos veterinários autônomos e quase 40 mil pet shops e clínicas veterinárias. Nós não somos concorrentes, mas complementares. Nosso diferencial está em sermos a extensão dos cuidados destes milhares de médicos, que atendem milhões de pets. A maioria das clínicas veterinárias atende procedimentos de baixa complexidade. Nosso foco é ser um braço para essas clínicas, um parceiro. Sendo assim, nossa prioridade é atender casos de alta complexidade e fortalecer o mercado como um todo.”

A inauguração da nova unidade está marcada para 18 de agosto. Assim como as anteriores, o hospital terá atendimento 24h para urgências e emergências, procedimentos eletivos e mais de 20 especialidades diferentes. Além do setor de exames de imagem como ultrassonografia, Raio X e Ecocardiograma e exames laboratoriais.

Leandro de Piano é o novo VP de Finanças da Belvo

São Paulo (SP) – Com foco em seu crescimento no Brasil, México e Colômbia, a Belvo – plataforma de APIs para Open Banking na América Latina – reforça o time com a chegada de Leandro de Piano, que este mês passou a assumir a cadeira de vice-presidente de Finanças da fintech.

Com mais de 18 anos de experiências em empresas globais de tecnologia e produtos, além da experiência de sete anos na esfera brasileira de fintechs – incluindo IPOs no Exterior – Piano ainda soma em seu currículo MBA em Executive Leadership e especialização em Valuation, Finanças, Investment e Banking.

Operadoras começam a ativar 5G em Curitiba, Goiânia e Salvador

São Paulo (SP) – A partir de hoje, 16, as operadoras móveis já podem começar a ativar o 5G na faixa de 3,5 GHz em Curitiba (PR), Goiânia (GO) e Salvador (BA). A liberação foi dada pelo Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz (Gaispi) e TIM, Claro e Vivo já ativaram a tecnologia em partes das cidades.

O 5G na faixa de 3,5 GHz garante o melhor uso da tecnologia, não só com maior velocidade, mas menor latência e mais números de dispositivos conectados na mesma infraestrutura. Cinco cidades já contavam com a tecnologia antes de hoje: Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB), Porto Alegre (RS) e São Paulo (SP).
Curitiba

Em Curitiba, a TIM diz ter ativado a cobertura do 5G em todos os bairros da cidade, se aproveitando de um projeto piloto de cidade inteligente que realiza no município.

Já a Vivo está oferecendo a rede 5G nos bairros: Água Verde, Alto da Glória, Alto da rua XV, Batel, Bigorrilho, Centro, Centro Cívico, Cristo Rei, Jardim Botânico, Portão, Prado Velho, Rebouças, São Francisco, Vila Izabel.

A Claro ativou sua rede em apenas seis bairros da capital paranaense: Água Verde, Batel, Bigorrilho, Centro, Jardim Botânico e Portão.
Salvador

Na capital baiana, a TIM afirma que já atende 77 bairros com o 5G, com duas vezes mais antenas que o mínimo exigido pelas normas do Leilão 5G. Entre os bairros, estão: Brotas, Pituba, Rio Vermelho, Stiep, Parque Bela Vista, Armação, Barra, Caminho das Árvores, Costa Azul, Federação, Engenho Velho da Federação, Jardim Placaford, Matatu, Nazaré, Santa Teresa, Patamares, São Marcos, Amaralina e Barbalho.

A Vivo também ativou sua rede em diversos bairros de Salvador: Amaralina, Cabula, Caminho das Árvores, Candeal, Canela, Costa Azul, Garcia, Graça, Horto Florestal, Iguatemi, Itaigara, Ondina, Parque Bela Vista, Pituba, Rio Vermelho e Santa Cruz.

Os bairros que a Claro vai atender na cidade são: Barra, Caminho das Árvores, Campo Grande, Candeal, Canela, Chame-Chame, Federação, Graça, Horto Florestal, Itaigara, Jardim Apipema, Ondina, Parque Bela Vista, Pituba e Politeama.
Goiânia

A TIM já está atendendo 130 bairros de Goiânia com o 5G, com destaque para: Setor Bueno, Setor Bela Vista, Setor Central, Setor Sudoeste, Jardim São Judas Tadeu, Jardim Goiás, Setor Oeste, Jardim América, Residencial Eldorado, Setor Leste Vila Nova, Setor Pedro Ludovico, Setor Sul, Vila Viana, Vila Maria Jose e Serrinha.

A Vivo ativou nos seguintes bairros: Jardim América, Setor Aeroporto, Setor Bela Vista, Setor Bueno, Setor Central, Setor dos Afonsos, Setor Leste Universitário, Setor Leste Vila Nova, Setor Marista, Setor Nova Suíça, Setor Oeste, Setor Pedro Ludovico, Setor Sul e Vila Jaraguá.

A Claro também lançou a rede 5G na cidade nos bairros: Setor Sul, Jardim Goiás, Bueno, Nova Vila, Pedro Ludovico, Setor Oeste, Bela Vista, Marista, Residencial Recanto dos Buritis, Nova Suíça e Setor Sudoeste.

Eduardo Gdes é o novo Distributor Account Manager da Trend Micro

São Paulo (SP) – A Trend Micro, líder mundial em soluções de Cibersegurança, anuncia Eduardo Gdes como novo Distributor Account Manager. Com quase 11 anos de empresa, Eduardo deixa a área de finanças, na qual exercia o cargo de gerente Financeiro e de Operações, para estreitar o relacionamento com os distribuidores e os canais em desenvolvimento.

Formado em Administração de Empresas com pós-graduação em Gestão de Negócios e Business pela Universidade Mackenzie, Eduardo Gdes acumula passagens pelo Banco Bradesco, pela Certified Technologies e Kikos Fitness.

22% das empresas de tecnologia não têm sustentabilidade e Net Zero como foco

São Paulo (SP) – A Schneider Electric, líder global em transformação digital e gerenciamento e automação de energia, anuncia três estudos independentes com foco na compreensão da maturidade das iniciativas de sustentabilidade dentro de empresas de Tecnologia da Informação (TI), data centers e, mais especificamente, apontar o estágio das mesmas em relação a alcançar a visão net zero.

Um dos estudos, em parceria com a 451 Research, apontou que 22% das empresas não abordam as ações sustentáveis como prioridade, embora possam ter ações de eficiência para melhorar áreas específicas de operações.

A pesquisa foi realizada com 1.100 profissionais responsáveis pela área de TI e concluiu, ainda, que 26% das companhias se identificaram como possuidoras de um programa completo de sustentabilidade que engloba toda a infraestrutura. No entanto, apenas 14% estão tomando iniciativas para implementar os programas.

Além da 451 Research, a Schneider Electric fez pesquisas globais com a Forrester e a Canalys, obtendo dados de mais de 3 mil participantes, incluindo os maiores fornecedores de colocation e nuvem, de soluções de TI e profissionais de empresas de diversos segmentos. No geral, os resultados demonstram consistentemente que há discrepância entre onde as empresas consideram que estão evoluindo nesse tema e como, de fato, implementam programas de sustentabilidade em sua infraestrutura.

“Os data centers desempenham um papel crítico na condução da Eletricidade 4.0, que acreditamos ser a chave para mudar a trajetória das mudanças climáticas. Como indústria, temos a responsabilidade de levar adiante nossos compromissos ambientais com extrema urgência. Tivemos um progresso, mas, para evitar um grande desafio de energia, todos os data centers devem ser mais sustentáveis, eficientes, adaptáveis e resilientes”, afirma Pankaj Sharma, vice-presidente executivo da unidade Secure Power da Schneider Electric.

“A pesquisa comprovou que a sustentabilidade precisa ser priorizada pela indústria, mas ainda existem desafios que podem ser superados por meio de um esforço colaborativo. A boa notícia é que a tecnologia para agir em sustentabilidade já existe.”

Padaria Pet leva confeitaria para cães a Pet South America

São Paulo (SP) – Entre os dias 17 e 19 de agosto, a Padaria Pet, rede especializada em petiscos gourmets para cães e gatos, traz para a Pet South America, a mais importante feira pet voltada para negócios da América latina, novidades para o setor: a confeitaria para os bichinhos, um novo modelo de negócio e a inédita parceria com a marca Sanrio, detentora da personagem Hello Kitty.

A rede, que atualmente conta com mais de 33 lojas espalhadas pelo Brasil, pretende abrir 80 unidades até o fim de 2023, além de atingir 150 unidades no país até 2024. Uma das novidades para a feira será a confeitaria para pets, que chega como oportunidade para a própria rede ou mesmo como opção de investimento para outros negócios pet friendly, que desejam trazer diferenciais para seus clientes.

Bolos, docinhos, como beijinho e brigadeiro, cupcake, brownies, donuts, colomba pascal, maçã do amor, e doce de abóbora estão entre os destaques presentes nos três dias do evento.

“Estar na maior feira do setor pet da América Latina representa um grande avanço no propósito de aumentarmos nossas unidades espalhadas pelo Brasil e oferecer a estrutura de confeitaria para outros negócios. Neste ano, contamos com três grandes novidades que estão alinhadas a esse propósito: a confeitaria, o novo modelo de franquia no formato de contêiner, e a parceria com a Sanrio, detentora da marca Hello Kitty, com a finalidade de criarmos produtos licenciados” explica Arquelau So, CEO da Padaria Pet.

Um leite especial para gatos com sabor frango e um bolo de aniversário da Hello Kitty são os dois destaques da Pet South América. A Padaria Pet, que já conta com mais de 130 produtos especializados para pets, sendo grande parte deles sem conservantes e aromatizantes artificiais, acaba de lançar dois novos produtos em parceria com a Sanrio.

A linha de produtos estará em unidades próprias, franqueadas da rede e petshops até Outubro. Além dos novos itens no portfólio da rede, a união com a marca japonesa renderá outros novos produtos, que devem ser apresentados em breve.

A Padaria Pet já possui outros produtos favoritos dos AUmigos e AmiCats, que são diferenciados como, pipoca, bolo de aniversário, bolo de caneca, sorvete, gelatina, e são marcas próprias da rede.

Novo modelo

Segundo o Instituto Pet Brasil (IPB), o setor pet deve apresentar crescimento de 14% no valor consolidado em 2022, atingindo a cifra de quase R$ 60 bilhões, valor superior aos R$ 51,7 bilhões alcançados no ano passado.

De olho na perspectiva positiva que o setor apresenta no futuro próximo, a Padaria Pet também leva para a Pet South America o modelo contêiner, que possibilitará aos franqueados ter toda estrutura fornecida pela Padaria Pet, com banho, tosa, confeitaria e bolos de aniversário pet por meio de um investimento acessível para os novos investidores.

Com investimento inicial aproximado de R$ 85 mil, o modelo é ideal para cidades verticalizadas, e possui a praticidade de poder ser instalada em diversos locais, sem a necessidade de um endereço fixo, como parques, condomínios e espaços de lazer.

A Pet South America completa 20 anos em 2022. Na edição anterior, mais de 21 mil visitantes estiveram nos três dias de evento, com mais de 400 marcas participantes e 38 horas de conteúdo.

Liber Capital anuncia fusão com Bava e tem novo CEO

Liber Capital

São Paulo (SP) – As provedoras de soluções de pagamento e financiamento B2B Liber Capital, com operação historicamente centrada no segmento enterprise, e Bava, anunciam a fusão integral de suas operações, nascendo assim a nova Liber. A fusão, que tem início a partir do dia 16 de agosto, será liderada pelo executivo Marcelo Serfaty que assume como CEO. Serfaty possui longa experiência no mercado financeiro, é ex-sócio-controlador do Banco Pactual, sócio da G5 Venture Capital e, recentemente, deixou a presidência do Conselho de Administração do BNDES.

Com investidores de peso, como G5 Partners e HDI Seguros e parceiros estratégicos como MC1, a Liber Capital incorpora o Bava e também a conciliadora Evencard. A fusão, que vinha sendo planejada há meses, tem como objetivo a amplificação de negócios de pagamentos e financiamento para todo o ecossistema que integra indústrias, distribuidores e grandes varejos a fornecedores e pontos de venda. Com sinergias em áreas como distribuição e TI, a meta é também trazer soluções de ponta a ponta para melhor performance de programas de antecipação de recebíveis no modelo marketplace, conectando fornecedores e clientes de grandes empresas a redes de financiadores, desburocratizando assim o acesso ao crédito.

O movimento prevê a construção de um portal incorporando os serviços da Bava e da Evencard, com o objetivo de trazer soluções com foco no financiamento de toda a cadeias produtivas (Supply Chain Financing).

Números

A empresa já nasce com números superlativos. Com parcerias com mais de 7500 clientes, a Liber espera movimentar mais de R$ 30 bilhões em 2022, por meio de uma rede de financiadores que já conta com 15 bancos, 70 fundos e 1500 investidores individuais. A fusão também vai unir os times das três empresas, totalizando mais de 200 colaboradores. Já dentro de seu quadro de clientes, a Liber já possui 50 grandes corporações, entre elas, indústrias e distribuidores do setor automotivo, celulose, agro, têxtil e varejo.

“Nossa convicção no plano de negócios é máxima. O projeto Liber traz ingredientes como tecnologia de ponta, liderança com extenso know-how no segmento financeiro e escopo sem igual. Somos o único player one-stop-shop do mercado para grandes empresas, entregando soluções para toda a cadeia produtiva, de fornecedores a clientes, em qualquer setor da economia”, destaca Serfaty. “E excelência na entrega é uma obsessão. Internamente nossa ambição é nada menos do que estabelecer a Liber como sinônimo da categoria. Ou como ouvimos frequentemente de nossos clientes: a de dar ainda mais amplitude à ‘mística’ Liber”, completa.

Além de Serfaty, a Liber conta com Hélio Magalhães como chairman; com César Pinela, Vagner Guzella, Renato Klarnet, Marcus Schalldach e Marcos Póvoa como conselheiros; com os sócios-fundadores Leonardo Ribeiro, Victor Stabile e Leandro Sanabio; e anuncia agora a chegada de Márcio Parizotto, ex-American Express e Bradesco, que se junta ao projeto como sócio e membro do Comitê Executivo, com missões estratégicas como o desenho e implantação de estrutura de negócios baseada em dados, além da construção de roadmap evolutivo junto ao mercado. “Acreditamos que talento humano, cultura de partnership e tecnologia de ponta são uma combinação infalível para qualquer negócio”, conclui Marcelo Serfaty.

Fintech Turn2C quer mudar percepção dos brasileiros sobre consórcios

São Paulo (SP) – A Turn2C Consórcio Inteligente é uma solução de inteligência artificial (IA) para o mercado de consórcio. Com foco na necessidade de compra do cliente e o propósito de transformar o setor por meio da tecnologia, a fintech desenvolveu uma solução capaz de entregar o produto ideal para que o cliente tenha sucesso no seu objetivo de compra de um bem, como carro, casa, motos ou serviços, como viagens ou cirurgias, utilizando a tecnologia de dados. Para isso, a fintech desenvolveu uma solução que hoje tem 97% de acuracidade em seus modelos de previsibilidade.

De acordo com Bruno Pinheiro, CEO da Turn2C, o Consórcio Inteligente da Turn2C é uma nova opção financeira que possibilita aos clientes maior assertividade na aquisição de bens ou serviços no tradicional mercado de consórcio. “Queremos fazer desta modalidade o meio para realizar o desejo de compra do consumidor. Para isso, criamos uma tecnologia capaz de apontar o produto ideal para cada perfil de cliente, de modo individualizado mas ao mesmo tempo escalável. Neste cenário, a IA ganha protagonismo tirando a incerteza quanto ao custo e o prazo, bem como solucionando o principal gargalo da modalidade que é a questão do tempo”, destaca. De acordo com os dados da empresa, o Consórcio Inteligente reduz em até 90% o número de contratos cancelados em 12 meses de carteira.

O executivo aponta que a fintech nasceu com o propósito de transformar o setor de consórcios que hoje é ofertado para o cliente de forma massificada sem levar em conta os interesses individuais de cada cliente. Hoje, por meio da tecnologia, é possível oferecer um serviço financeiro inteligente e personalizado que vai ao encontro do objetivo do consumidor, seja ele a aquisição de bens ou serviços. A plataforma, que utiliza a inteligência artificial de maneira inovadora e pioneira, possibilita que Agentes da Turn2C, como são chamadas as empresas que usam a solução da fintech para oferecer o Consórcio Inteligente aos seus clientes, proporcionem a melhor operação de consórcio, levando em consideração custos, prazos e tempo.

“Buscamos mudar a percepção do grande público em relação à modalidade de consórcio, bem como impulsionar a transformação tecnológica deste mercado por meio de uma solução intuitiva, eficiente e, o mais importante, focada no cliente e em seu objetivo final”, destaca. A ferramenta hoje é capaz de consultar 16 administradoras e definir o melhor produto de acordo com o perfil e desejo de compra do cliente. Para isso, a fintech analisa mais de 76% de todos os produtos de consórcios do mercado aberto.

Com sede no estado de São Paulo e presente em todo Brasil, a Turn2C já soma cerca de 1,5 mil Agentes. Recentemente, a empresa recebeu aporte de R$ 8,5 milhões em rodada seed liderada pelo fundo Honey Island by 4UM e pela B3 – Brasil, Bolsa, Balcão. Com o investimento, a empresa buscará ampliar sua atuação e lançar produtos e serviços que resolvem dores do cliente e do vendedor do mercado. A fintech conta também com os investidores-anjo Fabio Leme e Urca Angels.

Fundada em 2021 por Bruno Pinheiro, Thiago Almeida e Tatiana Anderson, a ideia surgiu a partir do incômodo em relação a percepção do mercado sobre o consórcio, bem como as oportunidades que o segmento poderia oferecer, desde a compra de produtos e serviços a possibilidade de renda extra para os Agentes especialistas, que são os que já vendem o consórcio tradicional, e os Agentes não especialistas, que vendem outros produtos ou serviços financeiros como investimento, seguro, câmbio, adquirência, crédito e outros. Aos interessados em se tornar um Agente Turn2C, basta cadastrar-se no site da empresa. Após análise, se aprovado é liberado acesso à plataforma via login e senha.

V4 Company anuncia Lucas Amadeu como sócio e Chief Strategy Officer

São Paulo (SP) – A V4 Company, uma assessoria de marketing digital, anuncia Lucas Amadeu como Chief Strategy Officer (CSO). O executivo tem mais de 15 anos de experiência de mercado.

Amadeu é jornalista de formação, pós-graduado em Marketing e Comunicação pelo Mackenzie e possui especialização em Marketing pela Universidade de Nova Iorque (NYU). Sua carreira na Comunicação e Marketing se inicia em 2007, na Rede Globo, seguindo para a Vivo (Telefônica Brasil), Colgate-Palmolive, Panasonic e Multiplus (o então programa milhagem da Latam Airlines).

Em 2014, chegou ao cargo de gerente de Global Sales no Facebook, no qual foi responsável pela atuação comercial e de marketing da empresa junto a alguns dos principais anunciantes do país, sendo um dos executivos responsáveis pelo lançamento da plataforma de anúncios do Instagram no Brasil, em 2015.

Durante os últimos 5 anos, Amadeu ocupou o cargo de head de Advertising da Vivo, na qual foi responsável pela criação e operação da Vivo Ads, plataforma de publicidade mobile da operadora.

Na V4 Company, chega com a missão de assumir a linha de frente na estratégia e prospecção de grandes clientes, auxiliando a ampliar o portfólio da empresa no segmento. Também será o principal host de eventos estratégicos, participando ativamente da produção de conteúdo da marca e será a nova ‘cara’ da V4 nas suas plataformas e redes sociais.

A chegada do Amadeu é mais um passo da V4 Company, que triplicou de tamanho apenas no último ano, com uma receita de mais de R$120 milhões. Ainda para 2022 a companhia espera superar os R$ 300 milhões de faturamento com cerca de 300 escritórios abertos e 6 mil clientes.