Brasil registra crescimento de 87% no mercado de fintechs

Há cerca de três anos, as fintechs, startups com sistemas para facilitar a gestão financeira de pessoas e empresas, estão transformando o mercado. O modelo de negócio deu certo e o Brasil, de acordo com a pesquisa do FintechLab, registrou crescimento de 87% desse tipo de empreendimento só no último ano.

Taxas mais baixas que bancos tradicionais, agilidade nas transações, facilidade de gerenciamento dos recursos e opção de serviços online. As fintechs apostam em soluções simplificadas, de fácil acesso e custo reduzido.

A expansão da atividade transformou o Brasil em líder do segmento na América Latina, segundo estudo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Dados do banco indicam que 32,7% do mercado na região está no país.

BNDES aprova financiamento de R$ 2,6 milhões para empresa de games

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento no valor de R$ 2,6 milhões para Sioux Serviços de Informática realizar seu plano de investimentos 2016-2018, no valor total R$ 5 milhões. O apoio do BNDES corresponde a 51% do investimento total e faz parte do programa para Desenvolvimento da Economia da Cultura (BNDES Procult).

Estima-se que o projeto da Sioux apoiado pelo BNDES ampliará em 50% os postos de trabalho na empresa, em áreas como planejamento, design de jogos, projeção gráfica 3D, programação, suporte, gerenciamento de projetos e assessoria de imprensa, entre outras.

No Brasil, a base produtiva da indústria de jogos digitais é formada, na maior parte, por micro e pequenas empresas. Pesquisa da USP realizada em 2014 com 133 empresas nacionais apontou que 75% delas declararam receita anual inferior a R$ 240 mil.

Estratégia

O financiamento do BNDES à Sioux pressupõe o fortalecimento da indústria de games por meio de três estratégias principais: utilização de games na transmissão de conhecimento, ao apoiar a plataforma Ludos Pro e o portal Brincando na Rede; aprimoramento na comercialização dos jogos desenvolvidos por empresas brasileiras, por meio de sua atuação como publicadora; e desenvolvimento de novos modelos de negócios que permitam a geração de propriedade intelectual própria, tal como o Moovieplay.

Mercado

O mercado global de games envolve cerca de 2,2 bilhões de consumidores e gerou, em 2016, cerca de US$ 101 bilhões em receitas, segundo dados da pesquisa The Global Games Market 2017, da empresa Newzoo. A mesma pesquisa prevê taxa de crescimento anual de 6,2% entre 2016 e 2020. As plataformas móveis (celulares e tablets) são as que mais atraem os desenvolvedores brasileiros de jogos digitais, pelo menor patamar de barreiras ao desenvolvimento.

3CON apura crescimento de 15% no primeiro trimestre

São Paulo – A 3CON, consultoria brasileira de TI, anuncia que apurou um crescimento de 15% no primeiro trimestre deste ano e que reconhece nesse resultado um reaquecimento do mercado. De acordo com Genivaldo Araujo, diretor presidente da 3CON, clientes tradicionais retomaram projetos adiados e novos clientes foram conquistados no período. “Estamos satisfeitos com esse início de ano. Em 2016, crescemos apenas 5%, mas não houve retração. No entanto, esse crescimento de 15% no primeiro trimestre já demonstra um retorno aos patamares normais do mercado. Só não crescemos mais porque tivemos que ser seletivos em relação a alguns projetos.”, analisou.

Segundo o executivo, a área de desenvolvimento de sistemas continua sendo a principal a puxar o faturamento. “Continuamos fortes em fábrica de software e manutenção de sistemas, suporte técnico, performance e qualidade de aplicações”. Ele conta que a maior fatia do faturamento veio de projetos da TI tradicional, mas que as soluções de transformação digital têm mostrado um crescimento importante pela rapidez de provar seu valor e o retorno de investimento. Além disso, tem sido responsável pela captação de novos clientes em nichos até então pouco explorados pela empresa, como serviços, indústria, logística, entre outros,

Para o diretor, os ganhos dos usuários com as soluções da TI tradicional são lineares. Já as soluções ligadas à transformação digital são disruptivas e com ganhos exponenciais. Como exemplo, ele cita o OfficeTrack e o AppDynamics, aplicativos que fazem parte do menu da 3CON. “Eles promovem uma forma mais eficiente de realizar determinados trabalhos, o que faz com que os ganhos das empresas sejam muito grandes. Assim, é mais fácil mostrar o retorno do investimento, mais fácil vender e entrar em novos clientes. As empresas, via de regra, já têm seus fornecedores para a TI tradicional e, muitas vezes, já estão satisfeitas, mas quando oferecemos uma solução nova, com a qual obterá grandes ganhos, então as portas se abrem”, descreveu.

Em se tratando de mercados verticais, o varejo foi o segmento para o qual a 3CON mais vendeu, mas reportou expansão também na área financeira, especialmente pelo lançamento do 3FMS, uma solução especialmente criada para corretora de valores. Também contabilizou aumento no número de clientes. “Há dois anos faturávamos 50 clientes por ano. Hoje, são mais de 100. Isto é, dobramos o número de clientes ativos. Esse crescimento se deu, principalmente pela venda dos aplicativos OfficeTrack e AppDynamics e grandes projetos do menu tradicional de TI”, disse.

Para o resto do ano, a expectativa é manter o crescimento na casa dos dois dígitos, com o mix de soluções novas e tradicionais, incluindo a fábrica de software que desenvolve soluções ágeis para plataforma web e mobile. Além disso, o time 3CON reforçará a venda de soluções para as áreas financeira e de segurança, como o 3X Security, uma suíte robusta para combater fraudes e invasões, seja na plataforma mainframe ou web. “Um dos maiores problemas da internet das Coisas (IoT) e do Big Data é a segurança e acreditamos que existe um mercado considerável nesse nicho para nos próximos anos”, encerrou.

Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo abrem 40 vagas para PCD

São Paulo – O Grupo DPSP – administrador das marcas Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo – está com 40 vagas de emprego para pessoas com deficiência que tenham interesse em atuar como auxiliar de atendimento ao público, em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Para participar do processo seletivo é preciso ter ensino fundamental completo e idade mínima de 18 anos. A experiência com atendimento ao público não é exigida, mas pode ser um diferencial do candidato. Os currículos podem ser encaminhados para: andreia.barbosa@dpsp.com.br . A empresa oferece salário, vale transporte, vale alimentação, vale farmácia, cesta básica, assistência médica e odontológica, além de plano de carreira.

Equinix planeja expandir no setor de Saúde com o apoio da MV

São Paulo – A Equinix, companhia global de interconexão e data center, planeja atender a demanda de transformação digital no setor de Saúde no Brasil e conta com o apoio da MV, líder nacional em desenvolvimento de software de gestão para hospitais, clínicas, operadoras de planos de Saúde, centros de medicina diagnóstica e redes de Saúde Pública. A empresa agora faz parte do Programa de Canais da Equinix e passará a revender o portfólio de produtos e serviços de data center para clientes que desejem modernizar sua estrutura de TI e ao mesmo tempo utilizar os serviços da MV.

“Toda a plataforma da MV pode, agora, também ser hospedada na Equinix, o que facilita a adoção das nossas soluções pelas instituições de Saúde com o uso de um data center seguro, disponível e com alta capacidade de interconexão”, explica Mozart Marin, diretor corporativo Comercial da MV. “Nossos clientes pedem indicações para alocar os sistemas externamente. Com essa parceria, poderemos oferecer a Equinix, com a certeza de que nossos clientes terão uma infraestrutura de excelente qualidade.”

Tintas MC adquire o Grupo Aquarela Tintas

São Paulo – A rede varejista Tintas MC anuncia a incorporação do Grupo Aquarela Tintas, Arte Tintas e Rio Vermelho Tintas, empresa atuante no ramo varejista há mais de 20 anos e à frente de 27 unidades próprias em atividade voltadas para a venda de tinta automotiva e imobiliária. O Grupo possui negócios nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás, com lojas em cidades como Amparo, Aguaí, Anápolis, Araraquara, Campinas, Cosmópolis, Holambra, Mogi Guaçu, Valinhos, Goiânia, Conchal, Espirito Santo de Pinhal, Jaguariúna, Mogi Mirim, Uberlândia, Vargem Grande do Sul. A incorporação milionária representa um adicional de R$ 40 milhões no faturamento anual da Tintas MC, que passa de 53 para 80 unidades próprias.

Agora, a expectativa é encerrar o ano faturando R$ 170 milhões e com 100 lojas em operação. “Tínhamos uma atuação mais regional, centralizada em São Paulo, Guarulhos, ABC e Baixada Santista. A partir da incorporação do Grupo Aquarela Tintas & Arte Tintas, expandimos o nosso nome para outros estados do Brasil, com a missão de manter o crescimento aquecido nos próximos anos, mesmo em tempos de crise. A ideia é sextuplicar de tamanho até 2023 e passar dos R$ 200 milhões”, revela Renato Sá, Diretor de Estratégia e Marketing da rede.

Devido ao empreendedorismo do executivo, a rede não para de crescer. Após um período longe da MC, Renato Sá montou a sua própria distribuidora de tintas chamada Premium, com forte atuação no atacado e na venda de materiais de construção. Após bater a marca de R$ 100 milhões em faturamento, a Premium se associou à MC, formando o Grupo Aliar, holding detentora das duas marcas e agora também, da Aquarela Tintas & Arte Tintas, incorporada ao Grupo. “Voltei para a MC em setembro de 2015, trazendo todo o meu know-how adquirido por meio da Premium”, diz.

Com o executivo à frente de todo o negócio que envolve a MC, a ideia é expandir em três diferentes formatos: aquisição de lojas, lançamentos próprios e abertura de unidades franqueadas. Atualmente, a rede conta com 300 colaboradores, além do time do Grupo Aquarela Tintas, que deverá se unir com a aquisição. A proposta é trazer a filosofia e know-how dos mais de 50 anos da rede, bem como opções em tintas imobiliárias e industriais, acessórios para tintura e repintura automotiva. As lojas comercializaram as principais marcas como Suvinil, Coral, Sherwin Williams, Tigre, Norton, Exin, entre outras.

New York Cafe anuncia nova unidade em Curitiba

Curitiba – Um dos empreendimentos gastronômicos mais charmosos e aconchegantes de Curitiba, o New York Cafe, acaba de anunciar o lançamento da sua nova unidade na capital. A partir de setembro, o espaço comandado pelo chef Luiz Santo, que foi um dos primeiros a trabalhar com o conceito de cafés especiais na cidade, começará a atender, também, no bairro Batel.

Serão mais de 120m² em um ambiente descolado e aconchegante, onde o público poderá vivenciar o melhor da cozinha e da cultura nova-iorquina, combinadas nos cafés especiais e no cardápio exclusivo, que destaca os principais sabores de uma das principais cidades do mundo. O grande diferencial do New York Cafe está em seu cardápio, que consegue atender todos os públicos, como vegetarianos, veganos e intolerantes a lactose.

O empreendimento traz uma grande linha de produtos que propõe uma conexão estreita com a cidade de Nova York, levando para os clientes os principais sabores da cidade norte-americana, entre eles hambúrgueres, doces, sanduíches e milkshakes. Com uma culinária artesanal, todos os itens são produzidos e finalizados no empreendimento.