Vinícola Garibaldi cresce 270% em exportações

Até o mês de maio, o volume de exportações registradas pela Cooperativa Vinícola Garibaldi foi 270% maior que o total registrado em 2019. A Garibaldi embarcará, nos próximos dias, cargas que ultrapassam o total de 15 mil garrafas para o exterior. Segundo a cooperativa, os negócios são um importante marco na abertura de novas fronteiras mercadológicas. O maior pedido está direcionado ao Japão, nação que recebe os produtos da marca pela primeira vez – ao todo, serão 4.200 garrafas de Moscatel Rosé e outras 1.100 de suco integral. Outro país com quem a Cooperativa Vinícola Garibaldi inaugura relação comercial é Taiwan, com 500 garrafas de espumantes.

Rede Coop amplia atuação no segmento de drogaria

A Coop – Cooperativa de Consumo inaugurou, na última quinta-feira (28), sua 57ª drogaria. A loja, situada em Santo André, município da Região do Grande ABC (SP), recebeu investimentos na ordem de R$ 760 mil e conta com 175 m² de área de atendimento. A filial comercializa 9,5 mil itens, entre medicamentos, perfumaria e dermocosméticos. Segundo a rede, o ponto de venda oferece testes rápidos para diagnóstico de Covid-19, com agendamento prévio e resultado em 20 minutos, além de serviços como aplicação de injetáveis, aferição de pressão, glicemia e colocação de brinco. Em 2019, a rede investiu R$ 4,3 milhões na abertura de cinco drogarias.

Leroy Merlin aluga ferramentas em loja de SP

A Leroy Merlin, varejista de materiais de construção, passa a contar com um novo serviço: aluguel de ferramentas. São mais de 30 máquinas e equipamentos disponíveis, como extensões, escadas, furadeiras, martelos e lavadoras de alta pressão. Com custo de aproximadamente 5% do valor do produto, o serviço está sendo oferecido na unidade do Shopping Lar Center, localizado em São Paulo (SP). Segundo a Leroy Merlin, o cliente pode alugar até 3 ferramentas por vez e o período de locação pode ser diário, semanal ou quinzenal, com possibilidade de renovação. Hoje, a rede possui 42 lojas em 12 estados e no Distrito Federal.

Bio Mundo inaugura 35ª unidade no Distrito Federal

A Bio Mundo, rede de lojas que busca promover saúde e bem-estar por meio de produtos saudáveis, inaugura sua 35ª unidade, agora no Distrito Federal, para expandir as opções de fontes destes itens na região de Águas Claras.

“Mesmo em um cenário de economia fragilizada, estamos confiantes na relevância e no crescimento do segmento em que atuamos. Por esse motivo, mantivemos a abertura de mais uma unidade da Bio Mundo. Dessa forma, além de fortalecermos a marca na região, esperamos levar mais saúde e bem-estar para a vida dos nossos clientes, além de proporcionar um atendimento completo e personalizado para os brasilienses”, diz o CEO e fundador da Bio Mundo, Edmar Mothé.

Oi lança oferta de voz na nuvem para o mercado corporativo

A Oi Soluções apresenta o Oi Cloud Communication, a sua oferta de solução convergente de comunicação de voz, em nuvem, para grandes empresas que nesse momento de pandemia do covid-19 demandam cada vez mais serviços digitalizados. Com o lançamento, a companhia visa atender as demandas de comunicação integrada de clientes públicos e privados, dos mais variados segmentos, com funcionalidades de PABX, Comunicação Unificada, Central de Atendimento e Omnichannel.

A plataforma atua em modelo 100% cloud, direcionada a organizações que buscam atualizar os seus sistemas de comunicação para colaboradores e clientes com escalabilidade, robustez, permitindo criar melhor experiência de interação com seus clientes e colaboradores. A Oi conta com a parceria da Avaya e Alcatel-Lucent Enterprise, entre outras empresas parceiras, para o fornecimento da solução ao mercado atendendo as necessidades de médias e grandes empresas.

Os benefícios do Oi Cloud Communication estão nas 4 funcionalidades modulares da solução. O PABX na Nuvem oferece gestão integrada dos ramais da empresa, fixos, móveis e em softwares nos computadores, o que simplifica o processo de fazer, receber e rotear chamadas. A Comunicação Unificada permite a comunicação e a colaboração entre os colaboradores das empresas com múltiplos dispositivos como tablets, computadores e celulares, de qualquer lugar, independente do equipamento e localização física do empregado.

A Central de Atendimento realiza a gestão do atendimento com mapeamento da jornada do cliente desde o primeiro contato até o pós venda. E o Omnichannel possibilita que os clientes usem múltiplas formas de entrar em contato com as empresas, como e-mail, telefone, Facebook, Twitter e Whatsapp, mantendo a informação padronizada e garantindo um atendimento único e integrado, proporcionando a mesma experiência de atendimento ou de compra independente do canal utilizado.

Cooxupé repassa R$ 77 milhões aos cooperados

A Cooxupé (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé) está repassando aos cooperados o total de R$ 77,1 milhões referentes à participação nos resultados da cooperativa obtidos em 2019, incluindo também o Programa de Restituição implantado no final do ano passado. A Assembleia Geral Ordinária (AGO), que apresentou o balanço final de 2019, aconteceu nesta sexta-feira, dia 29.

No total, as distribuições envolvem mais de R$ 57,8 milhões referentes aos resultados de 2019 e mais de R$ 19,3 milhões para o pagamento do PRCI (Programa de Restituição de Capital por Idade) implantado no final do ano passado.

O recebimento de cada produtor varia de acordo com a proporção das operações específicas realizadas com a Cooxupé no decorrer do ano seguindo as regras estatutárias da cooperativa. No entanto, os valores já estão sendo injetados na economia das áreas de atuação da Cooxupé por meio do repasse aos cooperados.

De acordo com o presidente da Cooxupé, Carlos Augusto Rodrigues de Melo, a distribuição em espécie chega em um bom momento, contribuindo com a economia das regiões onde estão os cooperados.

“Desde o final do ano passado estamos colaborando com a economia e com os nossos cooperados por meio do nosso programa de restituição de cota capital, beneficiando associados acima de 75 anos. Já em abril deste ano, com a pandemia, decidimos antecipar a distribuição aos nossos produtores de uma parte das sobras de 2019. E hoje, com a realização da AGO, destinaremos aos nossos cooperados a parte final das sobras. Todas essas nossas medidas, de dezembro para cá, resultam em uma distribuição de R$ 77,1 milhões em toda nossa área de ação”, explica Melo.

Balanço 2019

O balanço de 2019, aprovado pelo Conselho Fiscal da cooperativa, em Assembleia Geral Ordinária, realizada nesta sexta-feira (29/05), e auditado sem ressalvas pela PWC, registrou um faturamento de R$ 4,2 bilhões. Em 2018, o valor foi de R$ 3,793 bilhões.

Em relação ao desempenho comercial, o balanço aponta que a cooperativa recebeu 5,1 milhões de sacas de café tipo arábica e embarcou 6,4 milhões para os mercados interno e externo, sendo que somente para as exportações foram 5,4 milhões de sacas, atendendo mais de 50 países. Já a SMC (Specialty Coffees), empresa controlada pela Cooxupé com atuação no mercado de cafés especiais, exportou mais de 85 mil sacas.

Em 2019, a cooperativa também destinou mais de R$ 42 milhões para investimentos em ampliações, obras e reformas.

SKR estima dobrar VGV e faturamento em 2020

A SKR Arquitetura Viva, incorporadora e construtora de alto padrão focada em design e inovação, ainda estuda manter o ritmo de crescente desenvolvimento iniciado no ano passado e pausado pelo Covid-19. Com três lançamentos confirmados, a empresa pretendia fechar o ano com o VGV de R$ 450 milhões em lançamentos, mais que o dobro do ano passado. Mas já projeta dividir isso entre o segundo semestre deste ano e o primeiro de 2021.

“Estamos vivendo um período atípico, mas mantendo o foco e o otimismo, seguimos trabalhando para que os empreendimentos estejam preparados para o lançamento, e poderemos, inclusive, “reescalonar” entre esse ano e o próximo, já que pelo que estamos observando o ano fiscal e o ano escolar também vão sofrer alterações. Mas ainda vamos manter o previsto e o VGV vai ultrapassar o dobro em relação ao ano de 2019. Queremos estar prontos para continuar no trilho do crescimento quando tudo voltar ao normal”, afirma Silvio Kozuchowicz, CEO da empresa.

Em 2019 foram dois lançamentos, cada empreendimento com VGV de em média R$ 100 milhões – “Hoje são quatro obras em andamento, redobramos os cuidados com as equipes nas obras e tivemos uma pequena redução no ritmo com a Pandemia, mas nada que comprometa os planos de entregas do ano. Também decidimos adiar o início da obra em Moema para não incomodar a vizinhança nesse momento de reclusão e home-office. Todos sabem como é barulhento o início de uma obra”, diz o CEO.

“Vamos totalizar 59 empreendimentos entregues este ano. Focamos no conforto e bem-estar do morador, por isso construímos apartamentos maiores com tecnologia, design e acabamento impecáveis. Os lançamentos de 2020 têm o VGV mais alto do que a nossa média, queremos que eles tenham tudo o que a SKR oferece de melhor”, complementa Silvio.