Irmãs faturam R$ 3 milhões com franquia de intercâmbio e turismo

O gosto por viagens, aliado às frustrações profissionais, foi determinante para que as irmãs Fernanda e Gabriela Meneghel iniciassem uma parceria de sucesso em uma franquia de intercâmbio e turismo. Sócias da Travelmate em Chapecó (SC), elas ganharam o prêmio de melhor franquia da rede três vezes (2013, 2015 e 2016) e pretendem fechar 2017 com faturamento de R$ 3,3 milhões.

As irmãs se inspiram em suas próprias experiências como intercambistas para orientar seus clientes. Fernanda estudou na Austrália e Gabriela já passou por Alemanha, Áustria, Miami e África do Sul. As experiências pessoais das sócias, sobretudo das adversidades – como diferenças culturais e a distância da família e dos amigos –, são fundamentais para estabelecer laços de empatia com os futuros viajantes. “Falamos sobre as adaptações e estranhamentos que passamos em nossas viagens e como, no fim das contas, esses ‘obstáculos’ agregam muito à experiência”, diz Gabriela, gerente regional da Travelmate.

O suporte é outro diferencial da unidade em relação a outras agências do mercado. “Fazemos questão de ligar para todos os clientes e dar apoio antes e durante a viagem. Talvez esse seja nosso maior trunfo, pois eles voltam a comprar conosco e até indicam para amigos”, reforça Fernanda, gerente regional da rede.

Uma das vantagens para os franqueados é a proximidade na relação com os franqueadores. “Temos uma liberdade de atuação muito boa e total apoio para apontarmos algo que não está funcionando”, afirma Fernanda. Para ela, a desburocratização dos processos e feedbacks são os pontos que mais contribuem para o sucesso da franquia.

Formada em jornalismo, Fernanda estava frustrada com a rotina no jornal. “Eu gostava do que fazia, mas trabalhava muito em plantões e não ganhava tão bem. Em 2011 me demiti e soube que minha irmã tinha planos de abrir uma agência, então percebemos que a região de Chapecó era promissora e decidimos começar a sociedade”, relata. “A Gabriela trabalhou em outras agências de intercâmbio, inclusive na matriz da rede em Florianópolis antes de resolver abrir uma franquia. Essa trajetória também foi determinante na escolha”, detalha Fernanda.

Autor: canalexecutivoblog

Notícias do mundo corporativo para quem decide

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s