Produção de cana-de-açucar deverá ter aumento de 4,4% em relação à safra passada

A produção de cana-de-açúcar deverá chegar a 694,54 milhões de toneladas, de acordo com o 3º Levantamento da Safra 2016/2017, divulgado nesta terça-feira (20) pela pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Isso representa um crescimento de 4,4% em relação à safra anterior, que foi de 665,59 milhões de t. A área a ser colhida está estimada em 9,1 milhões hectares, aumento de 5,3% se comparada com a safra 2015/16, que foi de 8,6 milhões de hectares.

A produção de açúcar deverá atingir 39,8 milhões de toneladas, 18,9% superior à safra 2015/16, que foi de 33,5 milhões de t. Já a produção de etanol deve recuar 8,5% em relação à safra anterior, de 30,5 milhões de t, ficando em 27,9 bilhões de litros. A tendência se deve a maior rentabilidade do açúcar.

No caso do etanol anidro, utilizado na mistura com a gasolina, sua produção deverá ter um aumento de 1,5%, alcançando 11,4 bilhões de litros, impulsionado pelo aumento do consumo de gasolina em detrimento ao etanol hidratado. Na safra anterior, essa quantidade foi de 11,2 bilhões de litros. O etanol hidratado deverá atingir a produção de 16,5 bilhões de litros, redução de 14,3% ou 2,8 bilhões de litros, comparado à safra passada, que foi de 19,2 bilhões de litros, resultado do menor consumo deste combustível.

No Sudeste, deverá haver um aumento da área. As chuvas atrasaram a colheita da safra anterior e houve o aumento da quantidade de cana bisada para a atual safra, refletindo num aumento de 7,1% na produção total. As produtividades foram excelentes na safra anterior e as expectativas também são boas para esta safra.

O Centro-Oeste também deverá apresentar um aumento de área colhida em relação à safra passada. Nesta região também houve produtividades muito favoráveis na safra anterior. Entretanto, nesta safra, as chuvas foram reduzidas, o que deve impactar numa redução de produtividade na ordem de 9,5% e e recuo de 3,9% na produção.

No Nordeste, deve haver diminuição da área colhida nessa safra e aumento de produtividade. Isso se deve, entre outras coisas, a uma recuperação em relação ao déficit hídrico na safra passada.

A Região Sul apresenta maior aumento percentual de área no país. O Paraná deve colher, nesta safra, a cana bisada, que é a que sobrou da safra anterior. E na Região Norte, responsável por menos de 1% da produção nacional, a área cultivada aumentou, a exemplo dos últimos anos. Apesar disso, a produtividade teve redução, nesta safra, em face das más condições climáticas para o desenvolvimento do canavial.

Inventti cresce 28% em 2016 e projeta mais 30% de aumento para 2017

A crise na política e economia do país e os diversos indicadores negativos não impediram o crescimento da Inventti em 2016. A empresa de TI, de Blumenau (SC), registrou um crescimento de 28,3%, em comparação ao ano anterior e coloca como meta para 2017 um aumento de 30% no faturamento. Atualmente, a Inventti tem cerca de 20 mil clientes com soluções implantadas em nomes do varejo como Carrefour, Livrarias Cultura e Swarovski, além de operações industriais como JBS e General Mills.

O diretor comercial da Inventti, Reinaldo Oliveira, atribui o crescimento de 2016 às parcerias com desenvolvedores de software para implantação de soluções integradas, impulsionadas pelo mercado de obrigatoriedades de documentos fiscais eletrônicos. “Também aumentamos a presença em clientes diretos, que elegeram as soluções da Inventti para seu parque de TI”, afirma.

Oliveira diz que, para o próximo ano, o principal foco continua sendo a obrigatoriedade de documentos fiscais eletrônicos para o varejo (NFC-e e S@T), cenário que está se consolidando em todo Brasil e inicia com grandes obrigatoriedades em 2017 em diversos estados. “O fim do emissor gratuito de NF-e em São Paulo e as trocas de solução fiscal; com as empresas procurando ferramentas mais robustas e um pacote completo de serviços, também devem impulsionar as vendas”, avalia o diretor comercial.

Em 2017, ainda serão intensificadas as parcerias comerciais em razão do grande número de adequações envolvendo NF-e, CT-e, MDF-e e NFC-e. A Inventti está posicionada como solução de documentos fiscais para as empresas desenvolvedoras de software, para que esses parcerios possam focar no seu “core business”, sem se preocupar em desenvolver a parte de documentos fiscais.

“Muitas empresas não se dão conta, mas envolvem boa parte de seu time atuando em frentes de documentos fiscais, o que representa um custo elevado. Utilizar uma solução pronta, madura e robusta de um parceiro já especializado no segmento fiscal eletrônico, é muito mais barato e eficiente”, finaliza o diretor comercial.

Desde o início da obrigatoriedade da NFC-e na maioria dos estados brasileiros, a solução de TI da Inventti já fez a emissão de aproximadamente 100 milhões de notas fiscais eletrônicas do varejo. A empresa investiu cerca de R$ 10 milhões nesse sistema, para garantir o atendimento de clientes em todo o território nacional.

Atento anuncia mais de 350 vagas em cidades do Sul e Sudeste

A Atento, provedora de serviços de gestão de clientes e terceirização de processos e negócios (CRM/BPO), anuncia 357 novas vagas de emprego para atuação em municípios dos estados de São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul.

São 317 oportunidades para o cargo de operador de atendimento, todas em São Paulo, sendo 177 na capital e 140 em Ribeirão Preto, no interior. Além disso, a empresa conta com 40 vagas para Consultor de Vendas Presenciais, distribuídas entre cidades do Paraná (capital e municípios de Pinhais e São José dos Pinhais), Rio Grande do Sul (Porto Alegre) e São Paulo (Assis, Araraquara, Ibitinga, Lins, São Carlos, Presidente Epitácio, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Presidente Prudente, cidades do ABC e Santos).

Como benefícios, são oferecidos salário compatível com o mercado, vale-alimentação, vale-refeição, auxílio creche, auxílio criança especial, além de todos os benefícios CLT. Além disso, a Atento conta com parcerias com instituições de ensino em todo País, com descontos em cursos superiores, pós-graduação, MBA, escolas de idiomas e informática.

Os interessados devem enviar, até 25 de dezembro, currículo ou e-mail com nome, cidade e telefone com DDD para recrutamento@atento.com.br Mais informações podem ser levantadas por meio do telefone 0800 771 4014. Vale destacar que as oportunidades são válidas apenas para residentes no município referente à vaga.

Perfil do Candidato

Consultor de Vendas Presenciais: Ensino Médio completo ou cursando Ensino Superior, experiência com vendas porta-a-porta, possuir veículo próprio e ter disponibilidade para pequenas viagens.

A empresa procura profissionais com pró-atividade, boa argumentação, habilidades para negociação e disposição para conquistar novos clientes.

Operador: Segundo grau completo, bom vocabulário, boa dicção, fluência verbal, desenvoltura no relacionamento interpessoal, dinamismo, conhecimentos de informática e habilidade em digitação. Não é necessário ter experiência anterior.

Preço do aluguel residencial novo apresenta ligeira recuperação na cidade de São Paulo

A Pesquisa Mensal de Locação do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) apontou que o valor médio do aluguel residencial na cidade de São Paulo aumentou 0,2% em novembro, em relação ao mês de outubro.

“Aos poucos, o mercado está reagindo positivamente, embora, no acumulado de 12 meses, a variação continue negativa em 0,5%. No mesmo período, o IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) apresentou uma leve queda, chegando a 7,1%. Persiste uma grande diferença entre o IGP-M e os valores dos aluguéis residenciais”, destaca Rolando Mifano, vice-presidente de Gestão Patrimonial e Locação do Secovi-SP.

Tipologia – Os imóveis de 1 e 2 dormitórios apresentaram alta de  1,1% e 0,3%, respectivamente; e os de 3 quartos diminuíram 1,6%.

A Pesquisa de Locação Residencial é elaborada pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação), e visa monitorar o comportamento do mercado de  aluguéis na capital paulista. As informações estão disponibilizadas em valores por m² (área privativa de apartamentos e área construída de casas e sobrados) e estão organizadas em oito grandes regiões: Centro; Norte; Leste (dividida em duas zonas: a que corresponde à área do Tatuapé à Mooca; zona B – outros bairros dessa área geográfica, como Penha, São Miguel Paulista etc.); Oeste(segmentada em duas: zona A – Perdizes, Pinheiros e vizinhanças; zona B – bairros como Butantã e outros); Sul(dividida em duas sub-regiões: zona A- Jardins, Moema, Vila Mariana, dentre outros; zona B- bairros como Campo Limpo, Cidade Ademar etc.).

Os dados estão dispostos em faixa de valores por metro quadrado, por número de dormitórios e por estado de conservação. Por exemplo, um imóvel de três quartos na zona Norte, em bom estado, possui aluguel por m2 entre R$ 18,44 e R$ 18,96. Uma moradia de 90 m2 nessa região tem sua locação entre R$ 1.660,00 e R$ 1.706,00. Nos bairros da área Sul – zona A, como Jardins, Moema e Vila Mariana, têm nas locações de residências de três dormitórios faixa de valores por m2 entre R$ 25,86 e R$ 33,14 Assim, um imóvel com área em torno de 150 m2 na região tem aluguel entre R$ 3.879,00 e R$ 4.971,00.

Garantias locatícias

O tipo de garantia mais utilizado pelos inquilinos na cidade de São Paulo foi o fiador, que respondeu por 46%. O depósito-caução de até três aluguéis também foi muito recorrido, representando fatia de 36,5%, enquanto que o seguro-fiança foi usado em 17,5% dos contratos firmados.

Velocidade de Locação

O Índice de Velocidade de Locação (IVL), que avalia o número de dias que se espera até que se assine o contrato de aluguel, indicou que o período de ocupação foi de 18 a 46 dias. Os imóveis alugados mais rapidamente foram as casas e os sobrados: 18 a 43 dias. Os apartamentos tiveram um ritmo de escoamento mais lento: 25 a 52 dias.

Bairro da Penha

Mensalmente, a Pesquisa de Locação Residencial do Secovi-SP analisa dados históricos dos valores negociados por bairros. Neste mês, a região analisada é a Penha, que registrou valor médio por metro quadrado de R$ 22,50 para imóveis de 1 dormitório; R$ 20,27 para 2 dormitórios e de R$19,82 para 3 dormitórios.

No acumulado de novembro de 2010 a novembro de 2016, os valores de locação residencial nesta região variaram 68,4% para os imóveis de 1 dormitório; 50,5% para os de 2 dormitórios e 70,6% para os de 3 dormitórios.

Orquestra Experimental da UFSCar busca novos apoiadores

A Orquestra Experimental da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), que completa 25 anos em 2016, está com mais uma opção para receber a contribuição dos Amigos da Orquestra, ação que visa arrecadar recursos para a realização de novos projetos.

“Somos uma orquestra comunitária e necessitamos de apoio externo para realizar as atividades e aprimorar nossas habilidades”, destaca a professora Carolina Joly, docente do Departamento de Artes e Comunicação (DAC) da UFSCar e também regente da Orquestra.

Por meio de uma parceria com a FAI.UFSCar (Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico), agora é possível contribuir com cotas definidas e cotas livres. As cotas definidas foram classificadas em três categorias: Amigos de Fé, para doações de R$ 50, R$ 100 ou R$ 200; Amigos do Peito, com valores de R$ 100 ou R$ 500; e Amigos para Sempre, com cota única de R$ 1,5 mil.

Já para contribuir com uma cota livre, na qual a doação de qualquer valor é permitida, basta entrar com contato por meio do site http://www.orquestraufscar.com.br

A Orquestra Experimental da UFSCar é formada por aproximadamente cem músicos. O objetivo de angariar recursos é manter e aumentar as atividades. “O custo de uma viagem da Orquestra é alto, sem contar a manutenção dos instrumentos, a compra de novos arranjos, dentre outras necessidades”, destaca Carol Joly.

O grupo musical, fundado em 1991, está inserido no programa de Educação Musical do DAC da UFSCar. Sua atuação é na formação de novos músicos, mas também na formação do público em geral. Ao longo desses anos, o trabalho da Orquestra foi reconhecido e elogiado por inúmeros artistas do cenário cultural brasileiro. Acompanhe a Orquestra pelo Facebook, em http://www.facebook.com/orquestraexperimentalUFSCar.

Carlos Kazuo torna-se diretor de Delivery para projetos nacionais da GFT

A GFT, companhia de Tecnologia da Informação especializada em Digital para o setor financeiro, contratou Carlos Kazuo como diretor de delivery da operação brasileira.

O executivo assume o lugar de Leandro Rodrigues, que passa a responder pela unidade de exportação de serviços para a região Atlântico, que inclui EUA, Canadá e UK.

Formado em Engenharia da Produção pela UNESP, com especialização na FEA/USP como Operador de Mercado Financeiro, Kazuo vem da Everis Brasil, na qual, depois de 15 anos de atuação, ocupou o cargo de diretor de projetos nos últimos cinco anos.

Extra e Pão de Açúcar contratam jovens aprendizes e pessoas com deficiência

As redes Extra e Pão de Açúcar têm vagas para jovens aprendizes e pessoas com deficiência em todo o Brasil. Os cargos são de operador de caixa, repositor de mercadoria, atendente de loja, empacotador e aprendiz.

Para se candidatar é preciso acessar o site http://www.gpabr.com/vagas e colocar em palavra-chave “PCD” ou “Aprendiz”. Após localizar a vaga, o candidato deve inserir suas informações manifestando o interesse.

Acompanhe a formação exigida em cada cargos:

· Operador de Caixa – Formação: Ensino médio incompleto.

· Repositor de Mercadoria – Formação: Ensino Fundamental Completo

· Atendente de loja – Formação: Ensino médio completo ou maior

· Empacotador – Formação: Ensino médio cursando ou completo