Covabra inaugura sua terceira loja em Itatiba

O supermercado, que está localizado na Rua Coronel Peroba, na Vila Brasileira, passou por renovações para se adequar a identidade visual da rede. A loja passou por modernizações já vistas em outras unidades da rede e que permitem oferecer uma experiência de compra mais prazerosa. “O intuito das nossas lojas é oferecer um local agradável durante o tempo em que nossos clientes realizam suas compras.

“A nova loja de Itatiba vai contar com produtos de qualidade, organização e excelente atendimento, características que já são reconhecidas nas lojas do Covabra”, explica a Gerente de Marketing da Rede de Supermercados Covabra, Jacqueline Tavares.

Anúncios

Covabra inaugura sua terceira loja em Itatiba

O supermercado, que está localizado na Rua Coronel Peroba, na Vila Brasileira, passou por renovações para se adequar a identidade visual da rede. A loja passou por modernizações já vistas em outras unidades da rede e que permitem oferecer uma experiência de compra mais prazerosa. “O intuito das nossas lojas é oferecer um local agradável durante o tempo em que nossos clientes realizam suas compras.

“A nova loja de Itatiba vai contar com produtos de qualidade, organização e excelente atendimento, características que já são reconhecidas nas lojas do Covabra”, explica a Gerente de Marketing da Rede de Supermercados Covabra, Jacqueline Tavares.

Start Up Lança Plural Bio – App para venda de produtos orgânicos certificados

Foi lançado o App Plural Bio, primeiro aplicativo de São Paulo para compras de produtos orgânicos diretamente dos produtores – disponível para IOS e Android. No aplicativo é possível comprar frutas, verduras, além de pratos congelados sem glúten ou lactose, queijos, azeites, grãos, chás e cafés. Já são mais de 100 itens e até o final de dezembro serão adicionados mais centenas. A plataforma também pretende ser referência em vida saudável, produzindo artigos com especialistas sobre saúde, bem estar e desenvolvimento sustentável.

A start up planeja chegar ao ramo de cosméticos, produtos de limpeza orgânicos e bioorgânicos em breve. Um verdadeiro market place de produtos livres de agrotóxicos, cujo processo de produção respeita saúde e meio ambiente. “Estamos aumentando o leque de parcerias com produtores orgânicos. A ideia é facilitar o acesso às pessoas, incentivar produtores locais e contribuir efetivamente com um planeta sustentável.”, diz André Pereira, um dos sócios.

A Plural Bio faz a venda sem intermediários, assegura a logística e evita o desperdício, pois o produto só é retirado da horta quando a compra é efetivada. Uma coerência com o conceito sustentável. “Nós aceitamos somente produtores credenciados no Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos”, revela Thiago Libanore, Diretor de Marketing da Viva Vida, holding detentora da marca. O grupo também possui fazenda própria onde se pratica a agricultura orgânica. “A ideia não é competir com outros produtores. Queremos fomentar o mercado e oferecer a maior variedade possível de produtos, serviços e informações do segmento.”, completa.

Inicialmente as entregas são feitas em São Paulo, Alphaville e redondezas, mas já existe plano de expansão para outras capitais do Brasil.

Mercado de galpões logísticos mostra recuperação da economia

O mercado brasileiro de condomínios de galpões logísticos é relativamente novo, mas cresceu de uma forma notável nos últimos anos, não somente em tamanho, mas também em qualidade. Por esse motivo, uma nova classificação de análise desse estoque é importante, o que fez a Buildings Pesquisa Imobiliária lançar recentemente uma ferramenta própria de monitoria específica para o segmento.

Em 2010, o mercado nacional contava com 7.431.122 m² em condomínios de galpões logísticos. Hoje, segundo os resultados da pesquisa Buildings do terceiro trimestre de 2017, já são 19.559.259 m², ou seja, em sete anos o mercado cresceu acima de 163%.

A maior parte do estoque nacional é composta por empreendimentos de boa qualidade – 71% de todo mercado são compostos por espaços do tipo A, AA e AAA. Esse estoque total continua bem concentrado na Região Sudeste, que detém pouco mais de 15 milhões de m². E apenas o estado de São Paulo possui 287 condomínios logísticos, totalizando 11,6 milhões de m². Deste total, 74% são compostos por empreendimentos classe A (A, AA e AAA), sendo que a maior parte é composta por triple A.

Considerando apenas este estoque Classe A do estado de São Paulo, os resultados da pesquisa do terceiro trimestre de 2017 demostram que a vacância caiu, enquanto a absorção líquida foi boa, chegando a 269,648 mil m². “Não se trata de um recorde, mas frete ao cenário econômico é um número bem positivo”, diz Fernando Didziakas, diretor de negócios da Buildings.

Em relação à atividade construtiva, embora ainda esteja em queda, apresentou pouco menos de 400 mil m² no terceiro trimestre. Não se trata de um número baixo, se considerado que o mercado está com vacância perto dos 28%. Em contrapartida, existem 2,3 milhões de m² em projetos que aguardam a melhora do mercado.

Imaginarium inaugura loja em Canoas

A Imaginarium, do segmento fun design, inaugura loja no ShoppingPark, em Canoas, no Rio Grande do Sul. A operação conta com todos os produtos que compõem o portfólio, entre eles peças exclusivas como eletrônicos – que variam de vitrolas de mala a amplificadores bluetooth, porta-retratos, apoios para notebook, almofadas, mochilas, bolsas, luminárias, copos, canecas, toalhas de praia, jogos e bijoux, além das últimas coleções Star Wars e Harry Potter.

A marca de produtos fun design tem se expandido pelo país sob o formato de franquias, com 27 operações inauguradas em 2017. Oferecendo opções de modelos diferentes – compact, fit, master, premium, mini-quiosque e quiosque –, Imaginarium tem a expectativa de inaugurar outras 15 lojas ainda este ano, totalizando mais de 40 novos PDVs. A unidade do ShoppingPark é a 235ª loja a entrar em operação. A marca oferece todo o apoio que as novas lojas precisam, desde o auxílio na negociação e escolha do local ideal, até o suporte de como deve ser feita a gestão.

Levantamento mostra domínio de 4G nos novos acessos de telefonia móvel

O número de celulares com a tecnologia 4G já ultrapassou o de celulares 3G no Brasil. A virada se deu no mês de outubro, segundo balanço da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil). Os celulares 4G já somam 95 milhões no País, enquanto os de 3G fecharam outubro com 92 milhões.

De acordo com o levantamento, os celulares 3G apresentaram evolução constante até 2015, quando atingiram 159 milhões. Desde então, a tendência de alta se inverteu e o crescimento passou a ser mais acentuado no 4G. Em outubro de 2015, eram 20 milhões e há um ano (outubro 2016) eram 53 milhões. Se esse ritmo de crescimento continuar nos meses de novembro e dezembro, a previsão é de que o total de celulares 4G feche o ano de 2017 acima de 100 milhões.

Os celulares com tecnologia 2G, por sua vez, caiu 31% nos últimos 12 meses. Em outubro de 2016 eram 51 milhões e agora são 36 milhões. A Telebrasil entende que a maior barreira de migração do 2G para outras tecnologias com acesso à internet (3G e 4G) é o preço do smartphone, que além de ser alto para a população de baixa renda, tem uma tributação elevada sobre o aparelho.

A rede 4G no Brasil já chega a 3.363 municípios, onde moram 90% da população brasileira. desde o início do ano, 1.837 novos municípios foram conectados com a tecnologia 4G. Essa cobertura é três vezes superior à última obrigação prevista no edital de licitação das licenças, de 1.079 municípios, prevista para ser cumprida até o fim deste ano.

A cobertura 3G também apresentou crescimento significativo nos últimos 12 meses, com a ativação das redes em 192 novos municípios desde outubro de 2016, alcançando um total de 5.099 municípios. Esse número de cidades ultrapassa em muito a obrigação que deveria ser cumprida somente em dezembro de 2017, que é de 3.917 municípios conectados com o 3G.

Ao todo, já existem no Brasil 205,5 milhões de acessos à internet pela rede móvel. Consideradas os acessos fixos e móveis, os dados de outubro de 2017 mostram um total de 234 milhões de acessos no País. Destes, 28,3 milhões são em banda larga fixa, segmento que cresceu 6,8% desde outubro do ano passado, com 1,8 milhão de novos acessos.

Startups e pequenas empresas estão com mais de 50 vagas abertas

Depois de o País ter passado por uma das piores crises econômicas de sua história, uma pesquisa recente da Fundação Getúlio Vargas (FGV) sinalizou um aumento favorável no mercado de trabalho nos próximos meses. As startups e PMEs estão colaborando com este crescimento. Um estudo inédito feito pelo Sebrae apontou que os pequenos negócios são os responsáveis pela geração de renda de 70% dos brasileiros. Confira algumas das melhores vagas abertas atualmente:

Contabilizei

A Contabilizei, reconhecida pelo prêmio da Love Mondays como uma das melhores empresas (PME) para se trabalhar em 2017, está com mais de 25 oportunidades abertas para profissionais juniores, plenos e seniores. A empresa procura pessoas que tenham finalizado ou estejam cursando o ensino superior, sejam organizadas, disciplinadas e adorem tecnologia. Para a cidade de São Paulo, eles buscam um Inside Sales e um Consultor Contábil Júnior. As outras vagas são para Curitiba.

Easy Carros

Eleita a melhor startup do Brasil e a segunda melhor do mundo pela G-Startup no Vale do Silício em 2016, a Easy Carros está com diversas vagas abertas para a cidade de São Paulo. As oportunidades são para Desenvolvedor, Analista UX e Head de Sales. Eles vão priorizar os candidatos resilientes, motivados, com boa comunicação, dinâmicos, empáticos e organizados. A startup, que está presente em mais de 70 cidades, usa tecnologia para conectar motoristas e frotas de empresa a profissionais da área automotiva, como lavagem ecológica, troca de óleo, bateria e outros serviços.

GetNinjas

Listada pela Forbes como uma das empresas mais promissoras do Brasil, o GetNinjas, maior plataforma de contratação de serviços do País, está em busca de Product Manager para o time de pagamentos e Product Manager para aquisição. Há vaga aberta para estagiário de Business Intelligence também. A empresa busca pessoas apaixonadas por tecnologia e que estejam dispostas a aprender sempre mais. A startup de alto crescimento já captou mais de R$ 47 milhões de investimento da Tiger Global, Monashees Capital e Kaszek Ventures – alguns dos mais reconhecidos fundos de venture capital.

Rappi

Criada no Vale do Silício e acelerada pelo Y Combinator, a mais importante incubadora de startups do mundo, a Rappi, startup que disponibiliza assistentes pessoais pela cidade para delivery de qualquer produto, está em busca de profissionais de Growth & Performance Marketing (Marketing de crescimento e desempenho). A startup levantou 50 milhões de dólares no Vale do Sílicio e está em pleno crescimento, por isso não limita o número de talentos que podem ser contratados.