Startup brasileira de logística reversa Green Mining vence Latam Edge Award

svg%3E

São Paulo (SP) – A Green Mining, startup em logística reversa inteligente, comemorou a conquista do prêmio LatAm Edge Award 2022, que está em sua quinta edição. Na categoria smart cities, a empresa recebeu o prêmio de 40 mil libras em serviços, que possibilitará internacionalizar e expandir suas soluções para o Reino Unido e Europa.

Organizado pela LatamScaleup, consultoria inglesa, Birmingham Enterprise Community, hub de inovação do Reino Unido e Câmara Europeia de Tecnologia com sede na Suíça, o evento, realizado de forma online, contou com a inscrição de 100 empresas, de 9 países diferentes. Destas, 21 passaram para a final, e apenas 7 foram vencedoras.

“Esse prêmio reforça a importância das nossas soluções para cidades inteligentes, ajudando os municípios a aumentar o volume de recicláveis. Uma solução para revolucionar a reciclagem no Brasil e, quem sabe, em breve, no mundo”, declara Rodrigo Oliveira, presidente da Green Mining que complementa “A Green Mining surgiu para ser uma solução tecnológica rentável que traz a eficiência na recuperação de recicláveis e permite remunerar e dar dignidade às pessoas envolvidas na cadeia, com a governança que a tecnologia blockchain nos permite oferecer”.

Durante o painel, que abordou os desafios e oportunidades das smart cities entre LATAM e Europa, a Green Mining fez a apresentação final para o júri de 35 especialistas europeus, destacando o case em parceria com Valgroup e Sabesp para incentivar pessoas a separarem materiais recicláveis. O prêmio, no valor de 40 mil libras em serviços, contemplará três meses de preparação para expandir os negócios, fornecidos pela Birmingham Enterprise Community; diagnóstico de prontidão do mercado (GTM Global); reuniões com potenciais parceiros de negócios, investidores e clientes em sua área de atuação; Além de suporte de relações públicas e marketing no Reino Unido para entrar no mercado.

Ao desenvolver um sistema inteligente de logística reversa, que utiliza um algoritmo próprio para identificar e recompensar pessoas ou estabelecimentos que separam embalagens pós-consumo, sejam eles bares, restaurantes, lojas ou condomínios, a Green Mining realiza o processo de coleta dos materiais. Até o momento, a startup já coletou e encaminhou para reciclagem mais de 4,4 milhões de quilos de embalagens e evitou a emissão de mais de 730 mil quilos de CO2.

“Nosso objetivo é mudar o mundo da reciclagem. Queremos oferecer ao mercado soluções inteligentes e eficientes de logística reversa, respeitando os trabalhadores envolvidos na cadeia e viabilizando que a indústria possa cumprir seu papel na responsabilidade compartilhada. Ou seja, atender e entregar valor de forma plena nos pilares ambiental, social e econômico”, finaliza Rodrigo Oliveira.

Autor: canalexecutivoblog

Notícias do mundo corporativo para quem decide

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: