Flex do Brasil prevê cenário melhor para o mercado de colchões

São Paulo – O momento é especial para a Flex do Brasil. A fabricante de colchões de alto padrão completou 18 anos de atividades com bons resultados e previsão de crescimento. Após registrar em 2018 um aumento de 8% na receita, a empresa projeta para este ano um avanço de 16%. A expectativa é de uma curva ascendente prolongada. “O país já esboçou uma reação. A tendência é o início de um novo ciclo positivo para o mercado”, avalia Edson Ayub, Diretor Geral da Flex do Brasil.

Estatísticas apontam que as vendas de colchões e camas no Brasil recuaram em cerca de 4 milhões de peças entre 2012 e 2017. “Existe demanda reprimida. A recuperação da economia nos permitirá atendê-la”, afirma Ayub. Conforme previsão do executivo, o reaquecimento estimulará ainda mais a procura por produtos de desempenho superior. Essa é uma inclinação que já tem beneficiado a empresa.

“Os brasileiros cada vez mais se conscientizam de que dormir bem é fundamental para uma vida saudável”, diz Ayub. Diversos estudos, a exemplo daqueles realizados pelo Centro de Investigação do Sono (CIS) do Flex Bedding Group, grupo espanhol ao qual a Flex do Brasil é afiliada, já comprovaram: o repouso adequado revigora o corpo e a mente, aumentando a resistência do organismo a doenças e diminuindo a propensão a problemas emocionais como estresse, ansiedade e depressão.

No balanço de 2018 da Flex, a valorização do colchão pelos consumidores refletiu, por exemplo, na alta de 25% das vendas de linhas como a Simmons Bamboo Memosense e a Simmons BeautySleep. Na primeira, os colchões são revestidos por fibras naturais de bambu, oferecendo propriedades bactericidas e hipoalergênicas. Na segunda, o revestimento dos colchões com fios de seda proporciona toque similar ao da lingerie e função termorreguladora. “Os colchões com tecidos funcionais são cada vez mais procurados. O potencial é enorme”, comenta Ayub.

Para conhecer ainda mais o público e atender aos seus anseios, a Flex encomendou pesquisas de mercado quantitativas e qualitativas ao Instituto QualiBest, enfocando principalmente consumidores que adquiriram um colchão nos últimos seis meses ou que pretendem comprar um exemplar em breve.

Autor: canalexecutivoblog

Notícias do mundo corporativo para quem decide

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s