Vivo cria ferramenta de compartilhamento de Internet para usuários pré-pagos e controle

A Vivo desenvolveu uma funcionalidade inédita no Brasil que permite o compartilhamento de Internet móvel entre seus assinantes pré-pagos e de planos controle. Através do aplicativo Meu Vivo (Android, iOS) eles agora podem gratuitamente doar parte da sua franquia de dados para qualquer outro assinante da operadora que também tenha um plano pré-pago ou controle. Basta informar o número e a quantidade de Megabytes que serão transferidos – o mínimo são 50 MB e não há limite máximo e nem restrição de quantidade de doações. Os dados recebidos devem ser utilizados até às 23h59 do dia seguinte.

“Pelas nossas pesquisas, notamos como está forte a cultura do compartilhamento. Há apps de compartilhamento de carros, de apartamentos etc. Então pensamos: por que não permitir o compartilhamento da Internet?”, relata Gustavo Nóbrega, diretor de marketing móvel da Vivo. Segundo o executivo, a operadora brasileira é a primeira do grupo Telefônica a lançar essa funcionalidade. Aliás, ele desconhece qualquer outra operadora do mundo que tenha tal ferramenta. “Procuramos e não encontramos. Entendo que seja realmente inédito”, comenta Nóbrega.

Para estimular o compartilhamento, quem estiver precisando de dados pode pedir para até cinco amigos, através do app Meu Vivo. O processo de transferência também pode ser iniciado por quem doa: basta clicar na opção “compartilhe a internet com os amigos”, informar o número do destinatário e a quantidade de dados a ser enviada. “Queremos gerar um efeito em massa de compartilhamento”, diz o executivo.

Não é permitida a troca de dados entre assinantes pós-pagos e pré-pagos. Cabe ressaltar que os clientes pós-pagos da Vivo podem compartilhar Internet quando dentro de um mesmo plano familiar, também por meio do mesmo app da operadora.

A Vivo tem hoje quase 40 milhões de usuários pré-pagos. Em São Paulo, seu plano Vivo Turbo oferece 300 MB por R$ 7,99 por semana; ou 1,5 GB por R$ 14,99, também por semana. O app Meu Vivo foi baixado mais de 18 milhões de vezes. E seu volume de downoads em junho deste ano foi 96% maior que em junho de 2016, informa a empresa.

O Brasil está virando um celeiro de experiências inovadoras na comercialização de Internet móvel. Além deste novo case da Vivo, podem ser citadas pelo menos mais duas iniciativas inovadoras: 1) a navegação patrocinada em apps específicos, ou seja, com cobrança reversa da dados (vide os exemplos de Bradesco, Netshoes, Mercado Livre, Natura, iFood, dentre outros); 2) a possibilidade de troca de minutos por dados e vice-versa dentro do plano de um mesmo cliente da Oi, através do app Minha Oi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s