AWS e governo argentino assinam acordo para promover computação em nuvem

O ministro da Modernização da Nação da Argentina, Andrés Ibarra, e o vice-presidente de políticas públicas da Amazon Web Services (AWS), Michael Punke, assinaram um Memorando de Entendimento (MoU) com o objetivo de promover o uso da nuvem para impulsionar o desenvolvimento de novas tecnologias de informação e comunicação (TIC) no país.

Gastos com nuvem pública vão chegar a US$ 266 bi em 2021, mas perdem força ao longo dos anos

O objetivo da parceria é implantar ações e programas de colaboração e assistência técnica em matéria de gestão, desenho, desenvolvimento e operação das TICs. O MoU terá um ano de duração, onde a Argentina e a AWS vão promover projetos de inovação através da capacitação em nuvem. Também haverá um trabalho para impulsionar a modernização da infraestrutura de TI no país.

Para atingir os objetivos do documento, a AWS está comprometida com o governo argentino em:

1. Treinar o quadro de funcionários públicos da Argentina a usar a nuvem.

2. Apoiar o desenvolvimento de negócios na nuvem no país.

3. Apoiar o governo da Argentina em seus esforços de modernização das TIC.

Para o ministro argentino, a tecnologia é a chave para continuar o trabalho por um Estado moderno, ágil e eficiente. Já para Punke, da AWS, o país tem um papel importante no desenvolvimento da região e a companhia tem o compromisso de trabalhar junto com a Argentina para apoiar a inovação, a aplicação de políticas públicas para a nuvem e a capacitação técnica para garantir o crescimento econômico.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s