Aliança Renault-Nissan tem aumento recorde de vendas no 1º semestre de 2017

Paris/Yokohama – Com 5.268.079 veículos comercializados, a Aliança Renault-Nissan aumentou em 7% as vendas no primeiro semestre de 2017. O resultado foi alavancado por uma forte demanda dos modelos das montadoras francesa e japonesa, bem como pela primeira contribuição semestral da Mitsubishi Motors, que agora também faz parte da Aliança.

Registrou-se um aumento de vendas dos modelos Clio, Sandero, Mégane, Captur e Duster, da Renault, e uma forte demanda dos modelos X-Trail / Rogue, Sentra / Sylphy, Qashqai e Altima/ Teana, da Nissan. Tendo ingressado na Aliança no fim de 2016, a Mitsubishi Motors vendeu aproximadamente 495.000 veículos, resultado da demanda global do SUV Outlander, bem como do modelo Pajero Sport na região ASEAN (Sudeste Asiático).

As vendas acumuladas dos veículos elétricos das três montadoras também aumentaram significativamente, chegando a 481.151 unidades – confirmando a posição da Aliança como líder mundial em veículos de zero emissão. O aumento foi alavancado principalmente pelas vendas do Nissan LEAF, do Renault ZOE – que mantém o primeiro lugar na Europa – e do Mitsubishi i-Miev. Em termos de híbridos, as versões híbrido plug-in do Mitsubishi Outlander ultrapassam as 13.000 unidades vendidas.

“A Aliança entregou um recorde de vendas durante o primeiro semestre de 2017, com 5.268.079 veículos comercializados. Continuaremos a alavancar nossas economias em escala e presença no mercado global para oferecer valiosas sinergias para nossas empresas membro este ano, mantendo uma linha de produtos fortemente tecnológica e oferecendo aos clientes modelos elétricos inovadores” disse Carlos Ghosn, presidente mundial da Aliança Renault-Nissan.

“Nossa Aliança, agora ampliada com a Mitsubishi, está bem colocada para entregar todo o seu potencial, não só em termos de volume, mas também para oferecer serviços de mobilidade de última geração a clientes em todo o mundo”, complementa.

O Grupo Renault vendeu 1.879.288 veículos no primeiro semestre de 2017, um crescimento de 10,4%. Todas as marcas do grupo apresentaram aumento de volume e participação de mercado. A Renault e a Dacia estabeleceram novos recordes de vendas em um único semestre, e a Renault ocupa o segundo lugar em vendas na Europa. Os volumes e participações de mercado avançaram em todas as regiões, principalmente na que compreende a África, Oriente Médio e Índia, onde registrou-se um aumento de vendas de 19,3%, e na região da Ásia-Pacífico, com crescimento de 50,5%.

A Nissan Motor Co. Ltd. vendeu 2.894.488 veículos em todo o mundo no primeiro semestre de 2017*, registrando aumento de 5,6%. No Japão e na Europa a companhia atingiu crescimento de 22,9% e 5,7%, respectivamente. A Infiniti vendeu 125.000, 13% a mais do que o mesmo período de 2016.

A Mitsubishi Motors vendeu 494.303 veículos em todo o mundo, um aumento de 2,4% em relação ao mesmo período em 2016, impulsionada pela retomada das vendas de seus minicarros ‘Kei’ no Japão. O aumento das vendas reflete também o forte crescimento da marca na China, com o lançamento do SUV Outlander fabricado localmente. Registrou-se ainda crescimento na região ASEAN, alavancada pela demanda crescente de SUVs e picapes.

A Aliança pretende expandir suas sinergias em 2017, a medida que a Mitsubishi Motors passa a cooperar mais proximamente com a Nissan e Renault em áreas como compras, nacionalização de componentes, manufatura, plataformas de veículos, compartilhamento de tecnologias e a expansão tanto em mercados maduros como emergentes.

*até 30 de junho de 2017.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s