EDP Brasil tem alta de 45% no Lucro Líquido do 2º trimestre

São Paulo – A EDP Brasil, empresa que atua nas áreas de geração, transmissão, distribuição, comercialização e soluções em energia elétrica, registrou um crescimento de 45% no Lucro Líquido do segundo trimestre de 2017 frente ao mesmo período do ano anterior, alcançando os R$ 141,9 milhões. O EBITDA (lucro antes de taxas, impostos, depreciação e amortização) totalizou R$ 533,5 milhões entre abril e junho, 16,1% a mais do que nos mesmos meses de 2016.

No primeiro semestre, descontados os efeitos dos eventos não recorrentes que elevaram a base de comparação no ano anterior, os resultados também se mostraram positivos. O EBITDA ajustado da Empresa chegou a R$ 1,036 bilhão, volume 18,3% maior do que o apresentado entre janeiro e junho do ano anterior. O Lucro Líquido teve uma alta de 86,2%, para R$ 252,3 milhões. Os números desconsideram os impactos de dois fatores não recorrentes: a conclusão da venda da Pantanal Energética em 2016 e a contabilização do seguro da Usina Termelétrica de Pecém.

“Os resultados da EDP refletem o bom desempenho do nosso portfólio de negócios, com destaque, neste trimestre, para as áreas de Comercialização, Distribuição e Geração Hídrica”, avalia o presidente da EDP Brasil, Miguel Setas.

No segundo trimestre, a receita líquida da Empresa somou R$ 2,581 bilhões, 27,4% maior do que o alcançado entre abril e junho de 2016. No acumulado do ano, o faturamento cresceu 19% na comparação anual, chegando a R$ 4,888 bilhões.

A Companhia deu continuidade também à sua trajetória de controle de custos e manutenção dos gastos gerenciáveis abaixo dos níveis de inflação. No segundo trimestre do ano, o balanço da Companhia apresentou uma redução de 3,1% dos gastos com Pessoal, Material, Provisões e Outros (PMSO).

“A implementação, pelo terceiro ano consecutivo da Orçamentação Base Zero (OBZ), reflete de uma forma consistente em uma evolução dos custos de estrutura abaixo da inflação”, completa o presidente.

Investimentos

A EDP Brasil mantém em 2017 o seu compromisso com o investimento no País, e aumentou novamente os aportes, em todas as suas áreas de atuação. Ao todo, a Companhia investiu cerca de R$ 157,8 milhões no segundo trimestre do ano, volume 10,3% superior ao registrado entre abril e junho de 2016. No primeiro semestre, foram investidos R$ 324 milhões, 35,6% a mais do que no mesmo período do ano anterior.

Entre abril e junho deste ano, as Distribuidoras investiram R$ 125,5 milhões, volume 8,1% maior do que o registrado em 2016. Já no semestre, o aumento do nível de investimentos foi de 43,4%. Parte desse valor foi destinado ao programa de combate às perdas, investimentos na recomposição e manutenções preventivas na rede.

Como reflexos dos investimentos da EDP no combate às fraudes e furtos e em melhorias da rede, a Empresa registrou também uma redução das perdas totais. A estratégia da Companhia de blindar mais de 60% da sua base de consumo, entre outros investimentos, mostrou-se eficaz na prevenção, o que resultou em uma queda de 0,43 pontos percentuais em São Paulo e de 0,5 pontos percentuais no Espírito Santo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s