Startup israelense investe no setor de agricultura brasileira

Para ajudar a indústria do agronegócio a diminuir perdas decorrentes da proliferação de pragas utilizando tecnologia de ponta, a startup israelense Taranis está investindo no mercado brasileiro. A empresa foi contemplada com um investimento Série A de U$ 7,5 milhões, em uma rodada em que participaram a Mindset Ventures, parceira da Microsoft, além da Finistere Ventures, Vertex Ventures, Eshbol Investments, OurCrowd e o investidor anjo Eyal Gura.

Após um ano de amadurecimento do produto, que permite prever com antecedência e precisão fenômenos climáticos e a presença de pragas, a Taranis colocou o Brasil em sua rota de expansão. Os fundadores fizeram uma série de visitas a agricultores para conhecer a realidade local e dessa forma adaptar a solução tecnológica a essas demandas. Um escritório foi montado em São Paulo, que servirá de base para administrar os negócios na região da América Latina.

A startup israelense oferece uma solução analítica escalável e preditiva para prever ameaças de culturas e preveni-las em qualquer zona climática. Com informações precisas sobre o campo, registro de tarefas diárias, alertas de doenças e tecnologias avançadas de previsão meteorológica, a plataforma ajuda os grandes agricultores a reduzir custos, aumentar a produção e tomar decisões mais rápidas.

Por meio do uso de imagens em alta resolução extraídas de satélites e dos dados que os produtores inserem no sistema, a plataforma ganha precisão, aumenta sua capacidade de analisar eventos e prever ocorrências futuras. Isso se dá graças ao machine learning, que é a máquina aprendendo padrões de comportamentos a partir do uso de algoritmos e reconhecimento de imagens.

Com a Taranis, os agricultores podem minimizar o uso de químicos e pesticidas ao identificar onde e quando são necessários – economizando dinheiro aos agricultores, além de propiciar um tipo de agricultura mais sustentável. A plataforma atualmente monitora campos para culturas críticas, como soja, milho, trigo, algodão, cana-de-açúcar e batatas.

Quando estava em estágio inicial, a Taranis recebeu investimento da Acelera Partners, holding de investimentos em startups também apoiada pela Microsoft.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s