Franquia de manutenção e reformas lança modelo mais barato

Ser dono de uma empresa que possa ser administrada da própria casa talvez seja o sonho de muitos empreendedores que querem apostar suas fichas em redes de franquias. Diante da instabilidade econômica que o país enfrenta e da consequente elevação dos índices de desemprego, muitas pessoas enxergam em marcas que oferecem o modelo de negócio home based a melhor alternativa de investimento. Como parte dos planos de expansão para este ano, a Master House Manutenções e Reformas passou a oferecer o formato Conserto Express, cujo investimento é de, no máximo, 16 mil reais – já incluindo a taxa de franquia, de 10 mil reais –, e que só poderá ser operada em cidades com até 50 mil habitantes.

Especializada em serviços de alvenaria, elétrica, hidráulica, jardinagem, pintura, gesso e drywall, impermeabilização, montagens e manutenção predial, a proposta da franqueadora é iniciar ampla penetração em regiões menores, já que o objetivo de estar presente nos principais centros do Brasil já foi praticamente alcançado. Além de ampliar a cobertura de atendimentos de reparos e manutenções para todo o território nacional, a ideia é que surjam muitos novos empreendedores que, por estarem em municípios menores, não conseguiriam manter um modelo de loja física, com maior investimento. Por ser mais enxuto e de baixo investimento, a previsão de retorno do modelo Conserto Express é de 6 a 8 meses.

Segundo Allan Comploier, diretor-fundador da Master House Manutenções e Reformas, a marca busca novos parceiros para consolidar-se no mercado como a principal prestadora de serviços para residências, além das médias e grandes empresas. “Ter bons franqueados reflete em bons serviços prestados, satisfação do cliente e na lucratividade do negócio. O ideal é que o franqueado tenha alguma experiência no segmento, apesar do fato de haver um treinamento técnico baseado na operação do negócio antes do início da operação”, afirma o empresário.

Até o mês de junho, a marca oferecia apenas o modelo de negócio em loja física, cujo investimento total é de 75 mil reais. No formato, são 68 franquias no país, além de um máster franqueado nos Estados Unidos. Para 2017, a meta é chegar a 100 unidades entre os dois modelos de negócio oferecidos pela marca, que deve ser impulsionada com novos investimentos do governo federal na área da construção civil.

Levantamento da Associação Brasileira de Franchising (ABF) revelou que o Brasil registrou, no primeiro trimestre de 2017, um acréscimo de 1,3% em número de unidades de franquias em operação em todas as regiões e nos mais variados segmentos, totalizando pouco mais de 142,6 mil lojas em comparação ao igual período do ano passado. Com relação às redes home based, são 7,5 mil unidades em funcionamento, o que equivale a 5,3% do total de franquias no país.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s