Denise Lana assume diretoria global de Comunicação para Sustentabilidade da Schneider Electric

São Paulo – A brasileira Denise Lana assume a recém-criada diretoria global de Comunicação para Sustentabilidade e Recursos Humanos da Schneider Electric, atuando na estratégia da marca que atua em gestão de energia e automação nos 100 países onde está presente. A empresa é uma referência mundial na promoção de políticas de equidade de gênero nos postos de liderança corporativa. No Brasil, a companhia se orgulha da marca de 25% de colaboradoras ocuparem cargos de chefia, quando a média nacional historicamente não ultrapassa a casa dos 8%.

“Assumir uma posição estratégica como essa é o reconhecimento da minha história na Schneider ao longo de 10 anos e da importância da diversidade de pessoas para a companhia, já que a equipe que está se formando em comunicação de marca reúne pessoas de diferentes etnias, idades, culturas e experiências”, entende Denise Lana, primeira latina-americana da equipe.

“Não tenho dúvidas de que o movimento pela igualdade de gêneros que vivemos na Schneider me ajudou, pois tive oportunidades de me preparar para esse passo, participando de mentoria com executivos mais seniores e me colocando em mobilidade, assim que voltei da licença maternidade”, acrescenta a executiva que passará a atuar em Hong Kong.

Graduada em Relações Públicas pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), conta com especialização em Gestão Empresarial pela Fundação Instituto de Administração (FIA) e Gestão de Projetos pela Universidade de La Verne (EUA). Denise está na Schneider há 11 anos e é gerente de Sustentabilidade e Acesso à Energia para América do Sul, cargo assumido em 2014.

A Schneider tem como meta superar o índice de contratação de mulheres de 2016, que chegou a 42% do total novos profissionais da empresa. Na América do Sul, esse índice já alcançou 48%. Na região, as mulheres respondem por 33,5% do quadro de colaboradores e ocupam 24% dos cargos de liderança.

Para alavancar o recrutamento de mulheres e garantir equidade salarial entre homens e mulheres em posições equivalentes, a empresa dedica recursos financeiros, avalia com regularidade a evolução do female talent pipeline da região e busca ter sempre um homem e uma mulher como finalistas nos processos seletivos para posições-chaves.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s