Vendas de equipamentos de informática devem se manter estáveis em 2017, diz Gartner

De acordo com o Gartner, as vendas de computadores, tablets e smartphones deverão exceder 2,3 bilhões de unidades em 2017, uma queda de 0,3% em relação ao ano passado. O mercado deverá voltar a crescer em 2018, com um aumento de 1,6%.

Para a consultoria, o índice deste ano mostra uma estabilidade pela primeira vez em muitos anos. “As transferências de PCs são ligeiramente mais baixas, enquanto as remessas de telefone são um pouco superiores, levando a uma leve revisão em baixa nas vendas totais da previsão anterior”, diz comunicado do Gartner.

O mercado de PCs apresenta queda de 3% para 2017, um declínio mais lento que nos últimos anos, aliviado pela substituições do Windows 10. Ainda segundo a consultoria, a queda não é tão acentuada porque muitas organizações estão chegando ao final de seus períodos de avaliação do Windows 10 e agora estão aumentando a velocidade na qual eles adotam novos PCs, pois veem os benefícios de uma melhor segurança e hardware mais recente.

Já o aumento dos preços de componente de memória RAM e discos rígidos SSD impactam negativamente o mercado de computadores e, em menor grau, o de smartphones. “Esse impacto está sendo reduzido porque os fabricantes estão absorvendo parte dos custos em sua margem, com medo de uma redução de sua participação de mercado”, afirma o Gartner.

O mercado de smartphones, por outro lado, mostra um crescimento de 5% em 2017, chegando a 1,6 bilhão de unidades. Os consumidores mantém a tendência de troca de um smartphone da categoria de baixo custo para aparelhos básicos e premium, mas mais baratos. Este mercado agora é mais dependente de novos dispositivos que oferecem algo diferente, pois os usuários estão ampliando seus ciclos de compras e precisam ser atraídos para fazer uma substituição.

“O Samsung S8 e S8 Plus tiveram um forte impacto até agora em 2017, com os usuários ignorando os problemas de bateria que afetaram o Note 7 no final de 2016. Este bom começo aponta para uma recuperação para a Samsung”, aponta o Gartner. O mercado também cria expectativa com o lançamento da edição comemorativa de dez anos do iPhone, influenciado pelas revelações da Apple de atualizações mais drásticas de design e inovações em áreas de realidade aumentada e aprendizado de máquina.

Atualmente, a base instalada de dispositivos de informática é de aproximadamente 7 bilhões, então os fornecedores estão constantemente procurando formas de adicionar novas capacidades que podem dar aos seus produtos uma vantagem no mercado. Muitas novas tecnologias – como inteligência artificial (AI) e assistentes pessoais virtuais (VPAs) – crescerão em adoção ao longo do período de previsão, mas é difícil ver qualquer impacto revolucionário em iterações iniciais.

“Hoje, a experiência do usuário com novas tecnologias, como AI e VPAs, é muitas vezes abaixo do padrão encontrado no resto do dispositivo, e o custo para trocar de dispositivo rapidamente é proibitivo em relação aos benefícios”, avalia o Gartner. “No curto prazo, o mercado de dispositivos continuará a ser impulsionado por avanços incrementais na tecnologia tradicional, mas, com três ou quatro anos de antecedência, o mercado de dispositivos começará a ver mudanças significativas nos padrões de uso e nos fatores de forma, especialmente como a tecnologia sem fio 5G é introduzida.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s