Caixa busca projetos de desenvolvimento e cidadania

A Caixa Econômica Federal por meio do seu Fundo Socioambiental (FSA) lançou, no início desta semana, o edital para seleção de projetos voltados à erradicação da pobreza, inclusão social e econômica, promoção da justiça da dignidade e da qualidade de vida de comunidades carentes. O objetivo da seleção é investir em projetos que fomentem a inovação e o desenvolvimento de políticas públicas inclusivas e promotoras do desenvolvimento local com sustentabilidade. Para cada projeto serão investidos até R$ 200 mil para execução em 12 meses.

“O investimento do Fundo Socioambiental CAIXA em projetos de Desenvolvimento e Cidadania, demonstra o compromisso da nossa empresa com a melhoria da qualidade de vida das populações mais vulneráveis e de baixa renda, reforçando que o nosso trabalho contribui para transformar a realidade”, afirma a Superintendente Nacional de Inteligência Corporativa e Estratégia, Luciana Freitas Eneias Oliveira.

O Fundo Socioambiental da CAIXA investirá, por meio de seleção pública, até R$ 4 milhões em projetos voltados à erradicação da pobreza, inclusão social e econômica, promoção da justiça da dignidade e da qualidade de vida. O edital foi disponibilizado nesta segunda-feira (5) no portal caixa.gov.br/sustentabilidade. Podem participar organizações da sociedade civil sem fins lucrativos que atuem junto a grupos e comunidades em situação de vulnerabilidade social.

Cronograma:

Poderão ter pontos adicionais na contagem final as propostas que considerarem a abordagem de gênero e público alvo, as que apresentarem atividades transversais de combate ao mosquito Aedes aegypti, Chikungunya e Zika e aquelas que forem implementadas em territórios com alguma intervenção apoiada pela CAIXA, como Programa de Aceleração do Crescimento – PAC, urbanização, regularização fundiária e Minha Casa Minha Vida.

Fundo Socioambiental:

O Fundo Socioambiental da CAIXA apoia projetos socioambientais em parceria com órgãos públicos e entidades privadas voltados a projetos e investimentos de caráter social e ambiental aliados ao desenvolvimento integrado e sustentável priorizando a população de baixa renda. Com a diretriz “cuidar do planeta sem descuidar do ser humano”, o banco destina até 2% do lucro líquido anual para ações e investimentos que conservem o meio ambiente e incentivem o desenvolvimento humano local.

As áreas de atuação do Fundo são: habitação de interesse social, saneamento, gestão ambiental, geração de trabalho e renda, saúde, educação, desportos, cultura, alimentação e desenvolvimento institucional, desenvolvimento rural e desenvolvimento sustentável. O Fundo já apoiou 156 projetos desde a sua criação em 2010 com recursos da ordem de R$112 milhões. Em 2016, foram aplicados R$ 28,9 milhões.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s