WAGO investe R$ 20 milhões em nova sede própria

A nova sede brasileira da WAGO, empresa alemã especializada em conexões elétricas e automação, em Jundiaí (SP), representa muito mais do que uma simples mudança de endereço. O complexo vai ao encontro da filosofia praticada pela empresa no mundo todo de desenvolver produtos de alta tecnologia, com o compromisso de sustentabilidade e bem-estar de seus colaboradores, clientes e parceiros. Com 3,2 mil m2 de área construída, em terreno de 16 mil m2, o prédio, sustentável e totalmente automatizado, demandou investimentos de mais de R$ 20 milhões. Em operação desde 1º de março último, tem capacidade de estoque e de montagem de réguas de bornes triplicada. Também comporta número maior de funcionários no escritório administrativo, que deve chegar a 150 colaboradores.

Fatores como a proximidade com a antiga planta em Itupeva (SP) para manter o quadro de funcionários, a oferta de mão de obra qualificada para apoiar o crescimento futuro e a questão logística foram determinantes para a escolha do local. Estabelecida às margens da Rodovia Dom Gabriel, no Loteamento Multivias II, a nova WAGO agora está próxima das Rodovias Bandeirantes e Anhanguera e no meio do trajeto entre São Paulo e Campinas, onde estão os principais aeroportos, um salto em qualidade logística.

Concebida considerando quatro etapas para acomodar futuras expansões, esta primeira fase de construção contempla centro de distribuição, Solution & Support Center (atendimento técnico e comercial a clientes e parceiros), área de configuração e montagem de réguas de bornes, área administrativa e financeira e espaço útil para produção local tão logo o mercado demande. Com todos os estágios finalizados, terá capacidade para acomodar até 1.000 funcionários.

Tendo a redução no consumo de recursos e o maior conforto aos usuários da planta como norte, o projeto arquitetônico, que contou com o auxílio de equipe da matriz, na Alemanha, preservou os preceitos de sustentabilidade fundamentais dentro da filosofia da WAGO. O resultado se materializa em espaços dedicados ao trabalho, mas também ao descanso e ao lazer dos colaboradores, com ambientes abertos, que potencializam a integração e a comunicação entre as pessoas. E mais: locais destinados a reuniões, treinamentos e trabalhos em grupos, além de refeitório, lounges e área externa de lazer.

Para dar sustentação a todo o projeto, Marcos Salmi, diretor geral da WAGO Brasil, explica que a tecnologia de automação predial da WAGO utilizada contempla sistema de controle de iluminação baseado em rede DALI – com luminárias dimerizáveis –, controle de utilidades, ar-condicionado e medição de energia totalmente integrados: “Desde a telefonia, passando pela segurança integrada com alarmes, persianas automáticas, controle de acesso digital, otimização dos controle com acessos remotos via celular, até o reúso de água, tudo foi pensado levando em conta não apenas o crescimento da WAGO no Brasil, mas também o bem-estar daqueles que trabalham conosco, pois acreditamos que é isso que faz a diferença para o sucesso de uma empresa”, destaca.

Próximos 5 anos

A WAGO planeja mais do que dobrar o atual número de 70 funcionários, triplicar a capacidade de estoque e de montagem de réguas de bornes e dobrar o faturamento nos próximos 5 anos, objetivos completamente factíveis com a nova estrutura. A antiga sede, conforme justifica Salmi, estava saturada, ainda que tenha evoluído ao longo de seus 11 anos de atividades, especialmente de 2009 a 2013, quando triplicou seu faturamento. Espaço agora há de sobra e, melhor ainda, o projeto contemplou a possibilidade de expansão em até 4,5 vezes a atual área.

Para alcançar os objetivos acima elencados – e os 15% de incremento previstos no faturamento de 2017 –, a companhia foca na abertura de novos clientes, por meio do aumento da equipe, ampliando a cobertura de atendimento pelo país. Mantendo o mesmo ritmo de expansão do ano passado, o objetivo é chegar a 1.500 pontos de vendas ao final deste ano, incluindo home centers. Além disso, continuará investindo em sua linha de Conexão Automática, que sozinha cresceu 30% em 2016 sobre o ano anterior, e muito em breve trará ao mercado uma grande novidade. Em Automação, após ampliar seu portfólio de produtos e realizar importantes aportes em treinamentos e expansão de integradores no programa Solution Providers, cujo resultado foi evolução de 8% no mesmo período, a WAGO trabalha para ampliar a base instalada, com projetos e soluções que auxiliem os clientes a implantar os conceitos da indústria 4.0 nas empresas.

Aqui e lá fora

Para Marcos Salmi a vinda do CEO da WAGO, Sven Hohorst, referenda a importância da WAGO Brasil para a companhia “e demonstra claramente a confiança no potencial do país para os negócios globais a despeito do atual e complicado momento econômico e político. Nem mesmo isso afetou a decisão de seguirmos em frente e investir na nova sede. Consolidamos uma etapa e continuaremos trabalhando com todo empenho para cumprir os próximos passos, até porque acreditamos muito em futuro bastante promissor”, declara.

No mundo, a WAGO tem crescido continuamente ao longo dos anos e em 2016 registrou incremento de 5,5% no faturamento, que ultrapassou os 760 milhões de euros. Nos dois primeiros meses de 2017, já registrou variação positiva acima dos 13%. A considerar este ritmo, a companhia deverá cumprir a meta de crescer 5% ao longo do ano. Para 2017, também estão previstos investimentos de mais de 100 milhões de euros em expansões de plantas produtivas na Polônia, França, China e Brasil, com crescimento de 10% no quadro de funcionários.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s