Klabin registra crescimento em receita líquida, volume de vendas e Ebitda

São Paulo – A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis do Brasil, líder na produção de papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado e sacos industriais e única empresa do país a produzir em uma mesma unidade industrial celulose de fibra curta, celulose de fibra longa e celulose fluff, registrou mais um trimestre de crescimento nos seus resultados financeiros. A companhia atingiu R$ 539 milhões de Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no primeiro trimestre de 2017, o que representa 5% de crescimento em relação ao mesmo período de 2016.

O volume total de vendas da empresa foi de 759 mil toneladas (sem incluir madeira) no primeiro trimestre deste ano, desempenho 67% maior em relação ao primeiro trimestre do ano anterior, influenciado, principalmente, pelas vendas de celulose da Unidade Puma e de produtos de conversão. A receita líquida de vendas totalizou R$ 1.867 milhões no 1T17, aumento de 28% comparado ao mesmo período de 2016. As recentes aquisições no mercado de papelão ondulado – Embalplan (Rio Negro – PR) e Hevi Embalagens (Manaus – AM) – aliadas à flexibilidade da linha de produtos da Klabin e ao consistente aumento das vendas de sacos industriais ao mercado externo, refletiram nas vendas de produtos de conversão, que neste primeiro trimestre foram 13% superior em relação ao primeiro trimestre de 2016, alcançando 186 mil toneladas.

O volume de vendas de celulose da Unidade Puma no primeiro trimestre deste ano se manteve estável em relação ao quarto trimestre de 2016. Mesmo com a primeira parada para manutenção, realizada em março de 2017, a companhia registrou volume de vendas de celulose de 301 mil toneladas no 1T17, sendo 225 mil toneladas de celulose de fibra curta e 76 mil toneladas de fibra longa e fluff. Nos dois primeiros meses deste ano, a Unidade evoluiu em sua curva de aprendizagem, ao produzir em níveis superiores a 90% de sua capacidade nominal. Após essa parada de manutenção, a planta está apta a atingir 100% de sua capacidade produtiva, reduzindo ainda mais os custos de fabricação de celulose.

Investimentos

A Klabin investiu R$ 251 milhões no 1T17, sendo R$ 99 milhões direcionados à Unidade Puma, R$ 43 milhões às operações florestais, R$ 90 milhões foram destinados à continuidade operacional das fábricas e R$ 19 milhões em projetos especiais e expansões, que visam melhorar o desempenho da companhia em todos os segmentos em que atua.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s