Bank of Tokyo analisa queda da atividade no setor de serviços

Cenário:

Em janeiro de 2017, a atividade de serviços apresentou retração de 2,2% em relação ao mês anterior. Em relação a janeiro de 2016, a queda de 7,3% foi muito pior do que a expectativa (-4,5%).

Analisando a quebra em janeiro de 2017 em relação ao mês anterior, a contração dos serviços foi generalizada entre 4 dos seus 5 setores. O pior desempenho foi registrado pelos serviços profissionais e de gestão (-14,5%), seguidos dos serviços aos domicílios (-3,6%), dos quais alojamento e alimentação diminuíram 5,6%. Outros serviços diminuíram 3,0%, dos quais as atividades turísticas diminuíram 11%. O único sector com crescimento em janeiro foi o de serviços de informação e comunicação (+ 5,5%).

Expectativa dos economistas:

O desempenho mais fraco do que o esperado em janeiro aumenta um pouco a incerteza quanto ao momento e ritmo de retomada da atividade econômica. Mas avaliamos que a melhora gradual das condições macroeconômicas (como menor inflação e taxas de juros mais baixas) apoiará a tendência crescente de confiança do consumidor/negócio e, portanto, beneficiará as atividades de serviços durante este ano.

Podemos observar alguns altos e baixos de atividades de serviços principalmente durante o primeiro semestre deste ano, uma vez que o ambiente atual continua a ser desafiador para as empresas que têm trabalhado com orçamento apertado, e para as famílias que podem continuar adotando uma abordagem cautelosa em tempos de aumento do desemprego. Mas, pelo lado positivo, avaliamos que este aumento do desemprego será principalmente impulsionado pelo maior número de pessoas que não estavam à procura de emprego e decidiram entrar no mercado de trabalho, e não pelo movimento de demissão de trabalhadores.

Na segunda metade deste ano, existem condições para uma melhoria mais sólida nas atividades de serviços, uma vez que avaliamos que a criação de emprego irá acelerar, reduzindo assim a taxa de desemprego e também o medo do desemprego. Além disso, o ambiente de menor inflação e taxas de juros mais baixas também contribuirá para a maior demanda de serviços para as famílias e gradualmente para os serviços relacionados à atividade industrial, como serviços profissionais e de gestão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s