Ser Educacional tem alta no lucro líquido de 99,1% no 4º trimestre de 2016

Recife – A Ser Educacional S.A, maior organização privada no setor de ensino superior com atuação no Nordeste e Norte do Brasil, atingiu receita líquida de R$ 277,4 milhões no 4T16, registrando um aumento de 11,6% em relação ao 4T15. O lucro líquido da empresa também registrou alta de 99,1%, alcançando a marca de R$ 32,2 milhões e ficando 99,1% superior ao lucro líquido do mesmo período em 2015.

Essa recuperação deve-se principalmente a execução de projetos para aumento da eficiência operacional da Companhia. Projetos como o Ser Retention System, a nova régua de negociação de mensalidades, a nova matriz curricular, a revisão da estrutura organizacional, célula de inteligência de mercado para captação (BI de captação) e a renegociação de despesas e custos com fornecedores e locadores foram fundamentais para que a Companhia evoluísse de forma consistente em seus índices de eficiência operacional.

Com isso, o impacto foi positivo também no EBTIDA trimestral ajustado, que registrou R$ 68,6 milhões no quarto trimestre, 28,5% maior que no mesmo período do ano de 2015. “Foram vários fatores que influenciaram para chegarmos a este resultado. Trabalhamos para promover uma recuperação financeira e operacional, consolidando as nossas aquisições mais recentes, o que permitiu o ganho de sinergia e expansão da base de receitas”, explica o CEO do Grupo Ser Educacional, Jânyo Diniz.

O plano de crescimento orgânico continuou a ser executado pela Administração da Companhia e obteve desenvolvimento importante para o crescimento de longo prazo da base de alunos. Foram aprovados 253 novos cursos em 2016, totalizando 1.159 cursos em 31 de dezembro de 2016, e foram aprovadas 4 novas unidades de ensino presencial nas cidades de Cabo de Santo Agostinho (PE), João Pessoa (PB), Jaboatão dos Guararapes (PE), Maceió (AL). Além disso, novas unidades com boa localização foram totalmente reformuladas com estruturas de qualidade, como os novos prédios de Aracaju (SE) e Salvador (BA), expansões em Caruaru (PE), Fortaleza (CE) e do novo bloco de Medicina em Recife (PE).

Confira os destaques do relatório:

·         A receita líquida atingiu R$ 277,4 milhões no 4T16, um aumento de 11,6% em relação ao 4T15, em virtude do aumento da base de alunos de 5,1% e do repasse de preços e melhor ticket médio de novos cursos aprovados durante o período, principalmente na área de saúde e nos cursos de engenharias e direito, bem como da melhora no mix de matrículas em unidades em localidades com melhor percepção de marca.

·         No 4T16, o EBITDA ajustado alcançou R$68,6 milhões, 28,5% superior ao 4T15. A margem EBITDA ajustada atingiu 24,7%, comparada a 21,5% no mesmo período do ano anterior, em função principalmente do crescimento orgânico da Companhia, ganho de eficiência operacional por conta dos projetos de aumento de eficiência e sinergias obtidas com as aquisições da UNG e da UNAMA.

·      O lucro líquido alcançou R$32,2 milhões no 4T16, ficando 99,1% superior ao lucro líquido do 4T15, quando atingiu R$16,1 milhões, motivado pelo melhor desempenho operacional da Companhia em 2016 e pela melhoria do resultado financeiro em virtude do aumento do saldo médio de caixa.

·         A geração operacional de caixa do trimestre totalizou R$82,6 milhões, comparada a uma geração de caixa negativa de R$7,5 milhões no 4T15. No acumulado do ano, a geração de caixa totalizou R$287,8 milhões, um aumento de 273,4% em comparação aos R$77,1 milhões de 2015. O melhor resultado decorre do efeito combinado da geração de caixa recorrente de alunos pagantes e da normalização do fluxo de pagamentos do FIES por parte do Governo Federal.

·         Desde a publicação do press release de resultados do 3T16, a Companhia teve dez novas unidades credenciadas pelo Ministério da Educação (MEC), a NABUCO de Maceió/AL, aprovada em dezembro de 2016 e mais nove unidades aprovadas em 2017: UNAMA de Boa Vista/RR, Porto Velho/RO, Rio Branco/AC e Marabá/PA; NASSAU de Fortaleza/CE, Faculdade Maurício de Nassau de Garanhuns/PE Ananindeua/PA e Maracanaú/CE; UNIVERITAS em Anapólis/GO. As faculdades iniciarão operações com 5 cursos cada. Com isso, a CompA?anhia atingiu 15 credenciamentos dos 45 previstos em seu plano de longo prazo.

Fundado em 2003 e com sede no Recife, o Grupo Ser Educacional é um dos maiores grupos privados de educação do Brasil e líder nas regiões Nordeste e Norte em alunos matriculados. A Companhia oferece cursos de graduação, pós-graduação, técnicos e ensino a distância e está presente em 14 estados, em uma base consolidada de mais de 145 mil alunos. A Companhia opera sob as marcas Faculdades Maurício de Nassau, UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau, Faculdades Joaquim Nabuco, Escolas Técnicas Joaquim Nabuco e Maurício de Nassau, FIT/UNAMA – Faculdades Integradas dos Tapajós, Universidade UNG, UNAMA – Universidade da Amazônia e UNIVERITAS – Centro Universitário Universus Veritas, por meio das quais oferece mais de mil cursos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s