Em 2016, o lucro da BB Consórcios cresceu 27,7%

Nos dois primeiros meses deste ano, a venda de cotas de consórcios cresceu 46% no BB. Enquanto em janeiro e fevereiro de 2016 foram comercializados R$ 967 milhões, no primeiro bimestre de 2017 o volume já chegou a R$ 1,4 bilhão. Neste período do ano passado, foram 25,7 mil cotas e em 2017 foram 36,9 mil nos dois primeiros meses, um crescimento de 43% em termos de número de cotas vendidas.

Todas as linhas de consórcio cresceram neste começo de 2017. Para veículos, que é o carro-chefe da BB Consórcios, o crescimento financeiro foi de 43%, saindo de R$ 758 milhões para R$ 1 bilhão neste período. Em imóveis – uma carteira mais nova na BB Consórcios – o crescimento foi de 18% na comparação de volume: em 2016 foram R$ 172 milhões e em 2017 esse volume já atingiu R$ 202 milhões.

As vendas de cotas de consórcio para caminhões também aumentaram bastante. Enquanto em 2016 foram negociados R$ 26,8 milhões, em 2017 foram R$ 65 milhões. Um incremento de 145% nessa modalidade. Já o consórcio para aquisição de motocicletas surpreendeu. Nos dois primeiros meses de 2016, R$ 7,5 milhões em cotas foram vendidas. Para o mesmo período de 2017, o resultado decolou 657%, chegando a R$ 49 milhões. Para se ter uma ideia comparativa, em janeiro e fevereiro deste ano o volume financeiro ultrapassou todo o ano de 2016, quando foram vendidos R$ 42 milhões em cotas de consórcios para motos. “Esses resultados demonstram a força de vendas da rede do BB e da frente digital de comercialização de consórcios pela internet. 2016 já foi um ano bom, e este início de 2017 já nos anima muito”, avalia Paulo Ivan Rabelo, diretor comercial da BB Consórcios.

O lucro da BB Consórcios cresceu 27,7% em 2016, conforme resultado do BB, ao divulgar balanço de R$ 267,3 milhões, com RSPL (Retorno sobre Patrimônio Líquido) de 136%. No fechamento do ano, foram contabilizadas 665 mil cotas, com volume de negócios comercializados de R$ 6,8 bilhões, atingindo uma carteira total de R$ 16,2 bilhões. A receita de tarifas com prestação de serviços foi de R$ 543,7 milhões, ou seja, 27,3% de incremento em relação a 2015. A operação de Consórcio representou 3% do resultado no período.

Para Alexandre Luís dos Santos, presidente da BB Consórcios, “o desempenho vem da diversidade de portfólio, bem como da expressiva atuação da rede de agências e da estratégia de abordagem em multicanais. O Consórcio é um produto complementar e se insere em um momento relevante para o BB e cada vez mais contribuirá para a visão de resultado a partir de receitas com prestação de serviços”. Ele também ressalta que o índice de eficiência operacional da BB Consórcio foi de 18,2% no período.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s