Aumenta o número de mulheres em cargos de CEOs e diretoras executivas no Brasil, aponta Grant Thornton

O índice de mulheres em cargos de CEOs e diretorias executivas no Brasil atingiu 16%, em 2016, crescimento de 5 pontos percentuais em relação ao ano passado (11%) e 11 pontos percentuais em relação à 2015, (5%). O Brasil está à frente da média global, que aponta que 12% de mulheres são líderes. A Tailândia é o país pesquisado com mais mulheres em cargos de liderança, com 40%. Nova Zelândia, com 2% e Austrália e Irlanda, com 3%, apresentam os piores indicadores. Os dados são da pesquisa International Business Report (IBR) – Women in Business, realizada pela Grant Thornton com mais de 2.500 empresas em 36 países, sendo 150 executivos brasileiros.

“A ascensão de mulheres aos cargos de liderança é resultado natural de alguns fatores como perfil empreendedor, excelente qualificação e melhor sensibilidade da mulher que exerce cargos de liderança, na busca de resultados e também no relacionamento e engajamento de sua equipe”, destaca Madeleine Blankenstein, sócia da Grant Thornton.

Por outro lado, apesar do crescimento da presença feminina no topo das empresas no país, o estudo aponta que 53% das companhias pesquisadas não possuem mulheres em cargos de liderança. Neste quesito, o Brasil está bem abaixo da média global de 34%, ao lado do Japão (67%), Malta (56%), Alemanha (54%) e Argentina (53%), entre os países com os piores indicadores. Nos Estados Unidos o número de empresas que não possui mulheres líderes é de 31%. Rússia com 0%, Filipinas com 6% e Nigéria 9% apresentam os melhores índices.

“Mesmo com o crescimento das mulheres em cargos diretivos nos últimos anos, é evidente que ainda há um grande espaço a ser conquistado, podendo ampliar a presença das mulheres em todos os níveis das corporações, principalmente na transição de gerência à diretoria”, destaca Madeleine.

Estagnação em cargos gerenciais

Se houve aumento na liderança, o quadro muda quando se trata de cargos gerenciais. Cerca de 19% das empresas brasileiras têm mulheres em cargos de segundo escalão, o que ainda é um número baixo se comparado com a média global (25%) e com os Estados Unidos onde 23% fazem parte das lideranças das empresas.

No levantamento, o país está empatado com o Reino Unido (19%) e à frente apenas da Alemanha (18%), Índia (17%), Argentina (15%) e Japão (7%). Lideram o ranking Rússia (47%), Indonésia (46%) e Estônia, Filipinas e Polônia (40% cada). A Indonésia foi o país que apresentou o maior crescimento, 10 pontos percentuais em relação ao levantamento divulgado no ano passado.

Turismo em alta

O setor de viagens, turismo & lazer é o que mais emprega mulheres em cargos de alta gerência globalmente, com 37%; tecnologia, TI & telecomunicações, tem 28%; educação e serviço social, também com 28% e outros serviços totalizam 33%. Já os setores de serviços financeiros (16%); agricultura, silvicultura e pesca e extração e mineração (19%) são os que menos empregam mulheres líderes.

Na América Latina, o setor de transporte tem 31%; tecnologia, TI & telecomunicações, 30% e viagem, turismo & lazer, com 27%; outros serviços totalizam 33%. Os indicadores mais baixos são educação (0%), finanças (6%) e saúde (7%).

Oportunidades frente ao risco

Em tempo de incertezas econômicas e políticas em todo o mundo, a pesquisa apresenta como os empresários enxergam as oportunidades para o crescimento das empresas e organizações diante do cenário atual.

As mulheres executivas da América Latina têm um olhar diferente do quadro global, pois elas enxergam os riscos inerentes ao negócio e conseguem gerar e criar oportunidades para crescimento na adversidade. “Para 31,4% das mulheres, o risco inesperado representa uma boa oportunidade, maior que a média global, que é de 30,3%. Já 33,5% das mulheres da América Latina se concentram com mais facilidade na execução do gerenciamento do risco, sendo que a média global, é de 31,4%. Dados como estes comprovam os motivos de cada vez mais mulheres exercerem cargos de liderança na América Latina”, destaca Madeleine.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s